A conquista da América Central: 1493 - 1522. Papel das idéias cristãs-europeias e atitudes múltiplas dos indígenas frente à conquista.

  • Dêniel Quezado de F. Sobral

Resumo

Análise, através de bibliografias, do processo conquistador espanhol na América Central, de 1493 a 1522: papel relevante de teólogos e juristas e seus escritos na formação ideológica dos conquistadores e monarcas; como a conquista se baseou no massacre e exploração dos nativos; mudanças de atitude motivadas por críticas de padres, como Las Casas; papel dos indígenas no processo, como se configuraram as relações antagônicas e de interesses destes com espanhóis.

Palavras-chave: Conquista, Massacre, Relações, Rearranjos

Publicado
2006-09-01
Edição
Seção
Artigos