Sarmiento: A civilização e a barbárie na identidade Argentina.

  • Maria Roberta Soares do Nascimento
  • Ruben Maciel Franklin

Resumo

O presente trabalho pretende analisar a obra “Facundo, Civilização e Barbárie”, 1 do escritor Domingo Faustino Sarmiento (1810-1888). Um ensaio histórico escrito em 1845 sob a forma de folhetim, quando o autor estava exilado no Chile devido suas posições políticas liberais. A obra buscava caracterizar a República Argentina no intuito de produzir uma identidade nacional e criticar a corrupção e o autoritarismo da política oligárquica em que o país estava mergulhado.

Palavras-chave: Facundo, identidade argentina, tipos populares.

Publicado
2007-08-28
Edição
Seção
Artigos