Plurinacionalismo como desdobramento da "questão indígena" na Bolívia.

  • Marcos Luã Almeida de Freitas

Resumo

Este artigo tenta entender o processo histórico de mobilização social que ocorreu durante todo o século XX até os dias atuais, e que ainda está ocorrendo. Esse processo acabou criando um modelo estatal, que ao meu ver é intermediário, entre o radicalismo indígena pensado na divisão da Bolívia em diversos estados e nações distintos, e o radicalismo branco/mestiço que tinham um ideal homogeneizador desrespeitando a cultura indígena e priorizando a branca ocidental.

Palavras-Chave: Bolívia, Plurinacionalismo, Katarinismo, Revolução Boliviana, Questão Indígena.

Biografia do Autor

Marcos Luã Almeida de Freitas
Graduado em História pela Universidade Federal do eará, atualmente é mestrando pela Universidade do Estado de Santa Catarina, atuando principalmente nos seguintes temas: América Latina; Movimentos Sociais; Cultura política.
Publicado
2015-07-04
Edição
Seção
Artigos