O evangelho segundo Perón: uma análise das relações entre a igreja católica e o Peronismo - 1946 a 1955.

  • Francisco Alexandre Gomes
  • Francisco Olivando

Resumo

Entre 1946 e 1955 a Argentina presenciou a ascensão, consolidação e queda do Estado peronista. O peronismo Tinha seus aliados e opositores, assim como tinha suas características especificas. O presente trabalho pretende investigar as relações estabelecidas entre a Igreja Católica – tanto como aliada, quanto como opositora – e o estado peronista. Primeiro analisaremos o papel da Igreja no processo de consolidação do regime, em seguida, nos deteremos sobre as características doutrinária e autoritária que o Estado assume. Finalmente procuraremos mostrar como o choque entre o autoritarismo do Governo e o conservadorismo da Igreja, provocou uma cisão entre essas instituições, culminando com a queda do Estado Peronista.

Palavras-Chave: Igreja, Estado, Peronismo, Doutrina.

Edição
Seção
Artigos