Interpretar é reconhecer-se no outro: O conceito davidsoniano de interpretação radical

  • Edinalva Melo Fontenele

Resumo

RESUMO: Este artigo pretende
apresentar o conceito de interpretação radical
desenvolvido por Donald Davidson. Tal conceito relaciona pensamento,
linguagem e mundo, de modo a considerar que só a
comunicação pode proporcionar o conceito, sendo o
diálogo o contexto real de toda e qualquer objetividade. Para
Davidson, não há significação sem
interpretação e sem compreensão. Nós
só interpretamos à medida que reconhecemos no outro as
nossas próprias normas

de consistência lógica, à medida que reconhecemos o outro como racional e coerente.


PALAVRAS-CHAVE: Donald Davidson; Interpretação Radical; Princípio de Caridade.

Biografia do Autor

Edinalva Melo Fontenele
Programa de Pós-Graduação em Ética e Epistemologia da UFPI.
Publicado
2011-01-01
Edição
Seção
Artigos