Ceticismo e morte em Michael de Montaigne: O problema da imortalidade da alma na apologia de Raymond Sebond

  • Tiago Barros Duarte

Resumo

RESUMO: Este artigo tem a intenção de analisar a relação de dois dos principais temas do pensamento de Montaigne, o ceticismo e a morte. Para tanto, avaliaremos suas considerações a respeito da imortalidade da alma na Apologia de Raymond Sebond, texto onde o autor trata de forma mais cuidadosa do problema do ceticismo e de suarelação com a religião.

PALAVRAS-CHAVE: Ceticismo; Morte; Imortalidade da alma.

Biografia do Autor

Tiago Barros Duarte
Programa de Pós-graduação em Filosofia da UFMG
Publicado
2011-01-01
Edição
Seção
Artigos