Política deliberativa: modelo teórico e referências empíricas

  • Jorge Adriano Lubenow Doutor em Filosofia pela UNICAMP. Professor Adjunto I da UFPB

Resumo

O objetivo do artigo é apresentar os elementos teóricos centrais da política deliberativa de Jürgen Habermas e uma avaliação crítica da deliberação a partir do deficit de abordagens empíricas que analisam os problemas metodológicos, a qualidade, as chances e os resultados da deliberação política nos mais diferentes níveis e arenas da política deliberativa.

Palavras-chave: Jürgen Habermas; Política deliberativa; Abordagens empíricas
Publicado
2012-07-01
Edição
Seção
Varia