Rousseau e Habermas

  • Delamar José Volpato Dutra rofessor UFSC/CNPq. O autor agradece à CAPES pela bolsa “Estágio sênior no exterior” concedida no período de agosto de 2011 a julho de 2012 para o projeto de pesquisa “As críticas de Habermas a Kant e a Hobbes”, realizado junto à Aberystwyth University, Wales, UK, em colaboração com Howard Williams. O autor agradece, também, à UFSC e ao seu Departamento de Filosofia pelo afastamento concedido no período mencionado

Resumo

O texto apresenta a recepção habermasiana do pensamento político de Rousseau, especialmente no que diz respeito à problemática da compatibilização entre direitos humanos e soberania popular. Com relação a esse ponto, são identificadas três soluções ofertadas por Rousseau para a referida problemática. Pretende-se provar que Habermas usa, para compor a sua própria resposta baseada na racionalidade comunicativa, duas das formulações que Rousseau concebeu e, na opinião de Habermas, recusou-as. O texto apresenta, ainda, por que a solução aceita por Rousseau é criticável.

Palavras-chave: Habermas; Rousseau; Soberania; Direitos humanos
Publicado
2012-07-01
Edição
Seção
Artigos