Ideias para uma epistemologia da Filosofia Brasileira

Keywords: Brazilian thought. Not philosophy. Presupposition.

Abstract

In this paper, we will try to think about an epistemology of Brazilian Philosophy, based on four central ideas: Brazilian philosophy as not philosophy; Brazilian philosophy as a history of philosophy; Brazilian philosophy as metaphilosophy; Brazilian philosophy as a presupposition. In the end, we will adopt the figure of Macunaíma as a paradigm of Brazilian philosophy.

References

ANDRADE, M. de. Macunaíma. São Paulo: Círculo do Livro, 1991.
ANDRADE, M. de. Cartas de Mário de Andrade a Manuel Bandeira. Rio de Janeiro: Simões, 1958.
ARANTES, P. E. Um departamento francês de ultramar. Estudos sobre a formação da cultura filosófica uspiana (uma experiência nos anos 60). São Paulo: Paz e Terra, 1994.
BARLÉU, G. História dos feitos recentemente praticados durante oito anos no Brasil e noutras partes sob o governo do ilustríssimo João Maurício Conde de Nassau. Tradução de Cláudio Brandão. Rio de Janeiro: Ministério da Educação, 1940.
BARRETO, T. Questões Vigentes. Obras Completas IX. Aracajú: Editora Estado do Sergipe, 1926.
BEZERRA, A. A Philosophiea na Phase Colonial. In: Publicações do Archivo Nacional. Rio de Janeiro, Vol. 33, 1935.
CABRERA, J. Diário de um Filósofo no Brasil. Ijuí: UNIJUÍ, 2013.
CANDIDO, A. Formação da Literatura Brasileira. Momentos decisivos 1750-1880. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2014.
CERQUEIRA, L. A. Filosofia Brasileira. Ontogênese da consciência de si. Petrópolis: Vozes, 2002.
CRUZ COSTA, J. Contribuição à História da Idéias no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1967.
DOMINGUES, I. Filosofia no Brasil. Legados e Perspectivas. Ensaios Metafilosóficos. São Paulo: UNESP, 2017.
FAORO, R. Os donos do poder. Formação do Patronato político brasileiro. São Paulo: Globo, 2012.
FRANCA, L. Noções de História da Filosofia. Rio de Janeiro: Agir, 1990.
FREIRE, G. Casa-Grande & Senzala. Formação da família brasileira sob o regime da economia patriarcal. São Paulo: Círculo do Livro, 1980.
GIANNOTTI, J. A. Origens da Dialética do Trabalho. São Paulo: Difusão Europeia do Livro, 1966.
GOLDSCHMIDT, V. Tempo histórico e tempo lógico na interpretação dos sistemas filosóficos. In:
GOLDSCHMIDT, V. A Religião de Platão. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1970. p. 139-147.
GUEROULT, M. Philosophie de l’histoire de la philosophie. Paris: Aubier Montaigne, 1979.
HOLANDA, S. B. de. Raízes do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras. 2018.
KOCH-GRUNBERG, T. Zwei Jahre bei den Indianern Nordwest-Brasiliens. Stuttgart: Strecker und Schröder, 1923.
LEBRUN, Gerard. A “realidade nacional” e seus equívocos. Revista Brasiliense, n. 44, 1962. p 43-62.
LEITE, S. Suma histórica da Companhia de Jesus no Brasil. Lisboa: Junta de Investigações do Ultramar, 1965.
LIMA VAZ, H. C. de. O pensamento filosófico no Brasil de hoje. In: FRANCA, L. Noções de História da Filosofia. Rio de Janeiro: Agir, 1990. p. 343-369.
LIMA VAZ, H. de. O Problema da Filosofia no Brasil. Revista Síntese, v. 30, 1984. p. 11-25.
MARGUTTI, P. História da Filosofia do Brasil. O período colonial (1500-1822). São Paulo: Loyola, 2013.
MARGUTTI, P. História da Filosofia do Brasil. A ruptura iluminista (1808-1843). São Paulo: Loyola, 2020.
MOURA, C. A. R. de. História Stultitiae e História Sapientiae. Revista Discurso, n. 17, 1988. p. 151-171.
PAIM, A. História das Idéias Filosóficas no Brasil. São Paulo: Convívio, 1987.
PINTO, A. V. Consciência e Realidade Nacional. Rio de Janeiro: ISEB, 02 vols., 1960.
PORCHAT PEREIRA, O. O Conflito das filosofias. In: PRADO JUNIOR, B; PORCHAT PEREIRA, O; FERRAZ, T. S. A filosofia e a visão comum do mundo. São Paulo: Brasiliense, 1981. p. 9-21.
PORCHAT PEREIRA, O. Prefácio a uma filosofia. In: PRADO JUNIOR, B; PORCHAT PEREIRA, O;
FERRAZ, T. S. A filosofia e a visão comum do mundo. São Paulo: Brasiliense, 1981. 41-58.
PORCHAT PEREIRA, O. Sobre a filosofia do senso comum. In: PRADO JUNIOR, B; PORCHAT
PEREIRA, O; FERRAZ, T. S. A filosofia e a visão comum do mundo. São Paulo: Brasiliense, 1981. p. 101-137.
PORCHAT PEREIRA, O. Discurso aos estudantes sobre a pesquisa em filosofia). In: SOUZA, J. C. de (Org). A filosofia entre nós. Ijuí: Unijuí, 2005. p. 109-123.
PRADO JUNIOR, B. O Problema da Filosofia no Brasil. In: PRADO JUNIOR, B. Alguns Ensaios. Filosofia, Literatura, Psicanálise. São Paulo: Max Limonad, 1985, p. 173-194.
PRADO JUNIOR, B. Cruz Costa e a história das idéias no Brasil. In: MORAES, R. (Org.). ANTUNES, R;
FERRANTE, V. B. Inteligência Brasileira. São Paulo: Brasiliense, 1986. p. 101-124.
ROMERO, S. Obra Filosófica. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1969.
SOURIAU, E. L’Instauration Philosophique. Paris: Félix Alcan, 1939.
SOUZA, J. C. de. Uma Filosofia como coisa civil (numa perspectiva ad hoc). In: SOUZA, J. C. de (Org.). A filosofia entre nós. Ijuí: Unijuí, 2005. p. 17-85.
SOUZA, G. de M. O Tupi e o Alaúde. Uma interpretação de Macunaíma. São Paulo: Duas Cidades/ Editora 34, 2003.
VILLAÇA, A. C. O Pensamento Católico no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.
ZWEIG, S. Brasil, País do Futuro. São Paulo: eBooksBrasil, 2001.
Published
2020-12-11