COCONUT WATER, Cocos nucifera Linnaeus, AN ALTERNATIVE GROWTH MEDIUM FOR Staphylococcus aureus

  • Norma S. Evangelista-Barreto Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará.
  • Fátima C. T. de Carvalho Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará
  • Francisca G. R. de Menezes Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará
  • Camila M. Silva Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará
  • Regina C. Torres Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará
  • Oscarina V. de Sousa Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará
  • Regine H. S. Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará
  • Fernandes Vieira Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará
  • J. F. Nunes Universidade Estadual do Ceará
  • C. C. M. Salgueiro Universidade Estadual do Ceará
Palavras-chave: água de coco, meio de crescimento, Staphylococcus aureus.

Resumo

Devido à disponibilidade do coco, Cocos nucifera L., no Estado do Ceará, seu baixo custo e a composição química de sua água, rica em carboidratos e sais minerais, este trabalho foi realizado com o objetivo de se estudar o crescimento microbiano da bactéria Staphylococcus aureus, utilizando a água de coco como meio de cultura alternativo. Para a realização do experimento a água de coco liofilizada foi hidratada e após uma pré-filtragem foi esterilizada por filtração em membrana Millipore de 0,22 µm. Em seguida, S. aureus foi inoculado em três diferentes meios. O primeiro meio contendo apenas água de coco (M1), o segundo contendo água de coco adicionada de 1% de peptona-Difco (M2) e o terceiro o meio – controle, caldo BHI (M3). Após o cultivo de 12 horas, e agitação de 140 rpm a 35ºC observou-se que o crescimento do microrganismo nos meios M2 e M3 não diferiam entre si, estatisticamente, ambos apresentaram bom crescimento microbiano. Conclui-se que água de coco poder ser utilizada como meio base no crescimento de Staphylococcus aureus necessitando apenas de uma fonte de nitrogênio adicional.
Publicado
2012-06-01
Seção
Artigos originais