PESCA FANTASMA: UMA SÍNTESE DAS CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS NOS ÚLTIMOS 15 ANOS

UMA SÍNTESE DAS CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS NOS ÚLTIMOS 15 ANOS

  • Marianny Kellen Silva Lima Universidade Federal do Ceará
  • Robério Mires de Freitas
  • José Ivan Fonteles de Vasconcelos Filho
  • Caroline Vieira Feitosa Universidade Federal do Ceará

Resumo

Os ecossistemas marinhos vêm sofrendo com a pressão da atividade pesqueira ao longo dos anos. Essa intensa exploração dos recursos pesqueiros colapsados traz consigo impactos diretos e indiretos. Um dos principais impactos indiretos é o gerado pelos petrechos de pesca abandonados, perdidos ou descartados. Nesse contexto, o presente trabalho teve como objetivo realizar um levantamento bibliográfico das principais causas e consequências descritas pela literatura relacionadas à pesca fantasma. Para isso, foi realizada uma revisão sistemática de literatura de manuscritos publicados sobre “pesca fantasma” nos últimos 15 anos em todo o mundo. A busca foi realizada através das bases de dados Science Direct, Periódicos Capes/MEC e da ferramenta de busca Google Scholar. As redes de emalhar foram os principais petrechos de pesca perdidos ou abandonados citados pelos estudos analisados. As medidas mitigadoras mais comuns encontradas foram a necessidade de adaptação dos petrechos utilizados, como na utilização de espaços de escape, assim como o uso de materiais biodegradáveis para fabricação desses equipamentos. Existe a necessidade de se realizar mais estudos relacionados a essa temática, dados a importância e o grau de degradação que a pesca fantasma causa.
Palavras-chave: peixes, petrechos de pesca, impactos ambientais.

Publicado
2020-03-11
Seção
Revisões científicas