COMPARATIVE MORPHOLOGY AND IDENTIFICATION OF EGG CAPSULES OF SKATE SPECIES OF THE GENERA Atlantoraja MENNI, 1972, Rioraja WHITLEY, 1939 AND Sympterygia MÜLLER & HENLE, 1837

  • María Cristina Oddone Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca da Presidência da República, Esplanada dos Ministérios
  • Carolus Maria Vooren Universidade Federal do Rio Grande - FURG, Instituto de Oceanografia, Rio Grande, RS
Palavras-chave: Rajidae, cápsulas ovígeras, taxonomia, filogenia, batoideo.

Resumo

Um estudo comparativo da morfologia das cápsulas ovígeras para seis espécies de raias endêmicas do Atlântico  Sudocidental através de revisão de literatura e analise de novos dados é apresentado neste trabalho. As cápsulas ovígeras  de  Sympterygia acuta e  S. bonapartii diferem daquelas dos gêneros  Atlantoraja e  Rioraja pelos seus chifres posteriores  alongados em forma de gavinhas e pelas suas margens laterais planas. As cápsulas ovígeras das duas espécies do gênero  Sympterygia (que ocorrem na área de estudo) diferem uma da outra pelo tamanho. Em vista lateral, a cápsula ovígera  de Rioraja agassizi possui as faces ventral e dorsal convexas, entanto que nas três espécies de  Atlantoraja a face ventral  é achatada. Dentro do gênero  Atlantoraja , as características taxonômicas mais importantes na identificação das cápsulas  são a textura da superfície, a morfologia do velum e as dimensões da cápsula. A presença e disposição das fibras de adesão  são também características importantes para a identificação. Em base das características de identificação mencionadas,  uma chave de identificação de cápsulas ovigeras para as seis espécies é apresentada. 

Publicado
2008-11-01
Seção
Artigos originais