http://www.periodicos.ufc.br/contextus/issue/feed Contextus – Revista Contemporânea de Economia e Gestão 2020-01-16T15:33:54-03:00 Revista Contextus revistacontextus@gmail.com Open Journal Systems <p>Revista com edições anuais e artigos publicados em fluxo contínuo, a partir de 2020, nas áreas de Economia, Administração, Ciências Contábeis e afins. Publica artigos inéditos em português, inglês e espanhol.</p> http://www.periodicos.ufc.br/contextus/article/view/43118 EDITORIAL: A UTILIZAÇÃO DO FAST-TRACK EM PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS 2019-12-21T08:29:37-03:00 Diego de Queiroz Machado diegomachado@ufc.br <p>Editorial.</p> 2019-12-20T15:53:08-03:00 Copyright (c) 2019 Revista: apenas para a 1a. publicação http://www.periodicos.ufc.br/contextus/article/view/41664 NÍVEL DE GOVERNANÇA DAS EMPRESAS ESTATAIS CONTROLADAS PELO ESTADO DO CEARÁ À LUZ DA LEI 13.303/2016 E DECRETOS ESTADUAIS REGULAMENTADORES 2019-12-21T08:35:15-03:00 Alana Pinto de Macedo da Silva alanapmsilva@gmail.com Paulo Roberto de Carvalho Nunes prnunes@unifor.br <p>O estudo objetiva diagnosticar o nível de governança das empresas públicas e sociedades de economia mista controladas pelo Estado do Ceará, baseando-se nas regras de governança previstas na Lei 13.303/2016 e respectivos decretos estaduais regulamentadores. Para mensurar o nível de governança, foi utilizado o indicador de governança IG-SEST. Os resultados indicam progresso, em relação à implementação dos mecanismos de governança e conformidade normativa, pela maioria das estatais que participaram da pesquisa, com 78% delas enquadradas nos níveis 1 e 2 (nota &gt; 5,09). No entanto, uma minoria pouco avançou nesse sentido. O desempenho mais baixo foi percebido nos itens que compõem a dimensão transparência das informações, indicando que a 66,66% das empresas estão pouco ou nada aderentes às regras. Esses resultados são relevantes principalmente para a prática dos gestores públicos interessados em adotar estratégias para se adequar à nova lei.</p> 2019-12-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista: apenas para a 1a. publicação http://www.periodicos.ufc.br/contextus/article/view/41743 RECURSOS INTANGÍVEIS E A RELAÇÃO ENTRE DESEMPENHO SOCIAL E DESEMPENHO FINANCEIRO EM EMPRESAS BRASILEIRAS 2019-12-23T16:16:24-03:00 Simone R. Barakat simonebarakat@usp.br Keysa Manuela Cunha de Mascena keysamascena@usp.br Greici Sarturi greicisarturi@hotmail.com Pedro Issao Takenouchi pedro_issao@yahoo.com.br <p>A relação entre o desempenho social corporativo e o desempenho financeiro corporativo (CSP-CFP) é estudada como uma relação direta, e pouco se conhece sobre as variáveis que podem ser mediadoras desta relação. Diante desse contexto, o objetivo desta pesquisa é testar se os recursos intangíveis são mediadores da relação CSP-CFP em empresas no Brasil. Analisou-se uma amostra de 230 empresas listadas em 2013 na Bolsa, Brasil, Balcão (B3). As hipóteses foram testadas por meio de regressões múltiplas pelo Método dos Quadrados Mínimos (MQO). Os resultados confirmam a hipótese de que há uma relação positiva entre CSP e CFP e que os recursos intangíveis são mediadores dessa relação. O estudo contribui para constatar, na amostra analisada no contexto brasileiro, que as empresas com desempenho social superior, que levou ao desenvolvimento de recursos intangíveis, obtiveram desempenho financeiro superior.</p> 2019-12-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista: apenas para a 1a. publicação http://www.periodicos.ufc.br/contextus/article/view/41986 PESQUISA BIBLIOGRÁFICA SOBRE OS ESTUDOS CIENTÍFICOS RELACIONADOS COM O BITCOIN E A BLOCKCHAIN 2019-12-21T08:34:14-03:00 Juan Arturo Castañeda-Ayarza juan.fem@gmail.com Cíntia Neves nevescintia@me.com André Frazão Teixeira andre.teixeira@outlook.com <p>No desenvolvimento das tecnologias de informação e internet, as moedas digitais representam uma nova dinâmica tecnológica e monetária. Em 2008, surgiu o Bitcoin, uma moeda virtual em forma de código de computador que se caracteriza por estar livre de vínculos com autoridades monetárias e por não possuir nacionalidade. O crescente interesse no Bitcoin também é encontrado na ciência. Assim, nosso objetivo foi mapear o conhecimento científico desenvolvido acerca do Bitcoin e da tecnologia Blockchain. Através da pesquisa bibliográfica em duas bases de dados, Science Direct e Scielo, mapearam-se, entre 2008 e 2018, 432 publicações, das quais 80% aconteceram entre 2016 e 2018, evidenciando-se o acelerado crescimento da produção científica. Os principais assuntos pesquisados estão relacionados com o mercado de Bitcoin, a segurança e eficiência da tecnologia Blockchain, o mercado ilegal, além das potenciais aplicações em áreas como energia, saúde, economia compartilhada, Big Data e Internet das Coisas.</p> 2019-12-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista: apenas para a 1a. publicação http://www.periodicos.ufc.br/contextus/article/view/42289 EFEITO DOS COMPONENTES DO CAPITAL INTELECTUAL SOBRE O DESEMPENHO FINANCEIRO DE EMPRESAS BRASILEIRAS LISTADAS NO IBRX-50 DA B3 DE 2013 A 2017 2019-12-21T08:33:38-03:00 Chaline Evangelho Meyr chaline.mr@gmail.com Simone Boruck Klein simoneboruck@uol.com.br Wagner Dantas de Souza Junior wagnerdantas9@gmail.com Denis Dall'Asta denis.asta@unioeste.br <p>Este estudo analisa o efeito do capital intelectual sobre o desempenho financeiro de empresas do índice IBrX-50 da B3, bolsa de valores brasileira. Utilizaram-se os componentes do modelo VAIC™ (PULIC, 1998): o capital humano (HCE), capital estrutural (SCE) e a eficiência do capital empregado (CEE). O desempenho foi medido pelos indicadores financeiros ROA, ROE, ROS e o Valor de Mercado, medido pelo Q de Tobin. Trata-se de uma pesquisa quantitativa, descritiva, documental, com dados secundários de 2013 a 2017 coletados da Economática®. Quatro modelos econométricos foram estimados por regressão múltipla com dados em painel para testar as hipóteses. Os resultados indicam que todos os componentes afetam positivamente o ROA e o ROE; somente o CEE afeta o Valor de Mercado; o HCE afeta positiva, e o SCE negativamente o ROS. O estudo contribui com a análise empírica dos componentes do capital intelectual no contexto brasileiro.</p> 2019-12-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista: apenas para a 1a. publicação http://www.periodicos.ufc.br/contextus/article/view/42468 PAPEL MEDIADOR DO BIG DATA ANALYTICS ENTRE GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS DE SERVIÇOS E DESEMPENHO OPERACIONAL NA SATISFAÇÃO DO CLIENTE 2020-01-16T15:30:42-03:00 Douglas Vieira Silva douglas.vieira@gdebombas.com.br Roberto Giro Moori roberto.g.moori@gmail.com <p>O objetivo do estudo foi examinar o efeito mediador do BDA (big data analytics), como ferramenta, na relação entre gestão da cadeia de suprimentos de serviços e desempenho operacional, na busca pela satisfação do cliente. Para tanto, realizou-se uma pesquisa exploratória do tipo descritiva junto a uma amostra de 125 gestores de empresas de serviços e condomínios residenciais e prediais da região metropolitana de São Paulo. Os dados, tratados pela estatística descritiva e modelagem de equações estruturais, revelaram que o BDA medeia parcialmente a relação entre gestão da cadeia de suprimentos de serviços e o desempenho operacional, que por sua vez, influencia positivamente a satisfação do cliente. A partir desses resultados, pode-se concluir que o BDA é uma importante ferramenta de gestão por facilitar a prestação de serviços em condomínios residenciais ao permitir antever problemas em equipamentos utilizados pelos clientes, como elevadores, bombas hidráulicas, portões automáticos e câmeras de monitoramento de acesso de pessoas nos condomínios, melhorando, assim, o desempenho operacional das empresas prestadoras de serviços condominiais e estendendo-se à satisfação do cliente com a prestação do serviço.</p> 2019-12-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista: apenas para a 1a. publicação http://www.periodicos.ufc.br/contextus/article/view/42618 IMPACTO SOCIAL DA MINERAÇÃO: UMA COMPARAÇÃO ENTRE A PERCEPÇÃO DA EMPRESA E A DA COMUNIDADE 2020-01-16T15:31:14-03:00 Maria Gisela Gerotto gisela@fei.edu.br Viviane Pisano vivianemotta@fei.edu.br Jacques Demajorovic jacquesd@fei.edu.br Antonio Aledo antonio.aledo@ua.es Ana Lucia Santiago anasantiago@fei.edu.br <p>O objetivo desta pesquisa é comparar a percepção de uma comunidade sobre os impactos sociais de um projeto minerário e a percepção da empresa responsável pelo projeto. Os instrumentos para alcançar este objetivo foram a Avaliação de Impacto Social proposto por Aledo e Domínguez-Gómez (2018) e a proposta de categorização de impactos da mineração de Mancini e Sala (2018). A metodologia incluiu a realização de entrevistas e de duas oficinas com representantes da mineradora e da comunidade. Os resultados da pesquisa mostram que o processo de seleção de impactos por parte da empresa foca nos mais imediatos, muitas vezes com viés dos riscos para o negócio, associados à ausência e ineficiência do poder público em apoiar projetos de desenvolvimento local. Já o olhar da comunidade avança além dos impactos mais imediatos, como oferta e qualidade da água e queda na produção agrícola, para questões subjetivas e culturais associadas aos processos de mudança. Infere-se que a visão parcial dos impactos por parte da empresa fragiliza a estratégia de projetos sociais compensatórios. As questões mais profundas associadas aos impactos, como a perda do sentimento de coletividade e o impacto do processo migratório no esgarçamento dos laços familiares, são desconsideradas na escolha e implementação de projetos na comunidade.</p> 2019-12-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista: apenas para a 1a. publicação http://www.periodicos.ufc.br/contextus/article/view/42697 PROVEDOR DE SERVIÇOS LOGÍSTICOS – PERSPECTIVAS DO MODELO 4PL 2020-01-16T15:33:07-03:00 Mauro Vivaldini mavivald@gmail.com <p>A partir de uma abordagem teórica, esta pesquisa explora e analisa a terceirização logística, com foco específico no modelo 4PL. A intenção é saber qual é o entendimento que se tem desse provedor e apresentar os principais fatores que o caracterizam, bem como que perspectivas ele tem pela frente. Este trabalho, trazendo uma discussão do tema amparada pela teoria, contribui com uma análise de seu papel nas operações logísticas, bem como apresenta e discute os principais fatores que definem suas atividades, os pontos críticos e as perspectivas. As discussões apresentadas apontam fatores relacionados a perspectivas futuras do 4PL, servindo de base para diversas novas pesquisas, uma vez que sinalizam proposições a respeito desse modelo de prestação de serviços logísticos.</p> 2019-12-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista: apenas para a 1a. publicação http://www.periodicos.ufc.br/contextus/article/view/42743 TELETRABALHO: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA INTERNACIONAL 2020-01-16T15:33:17-03:00 Ana Luiza Leite anaetiel@yahoo.com.br Dannyela da Cunha Lemos lemosda@gmail.com Wilnei Aldir Schneider was.was@hotmail.com <p>Objetivou-se analisar a produção científica disponível em bases de dados internacionais sobre o teletrabalho, com o intuito de verificar o volume da produção e identificar o foco de estudo dos artigos, por meio da revisão integrativa. A produção científica é crescente, com grande quantidade de artigos de revisão (12). Em relação aos artigos empíricos, com abordagem predominantemente quantitativa, nota-se a baixa publicação em organização públicas. Estados Unidos e Reino Unido lideram o ranking de quantidade de publicações, assim como a lista dos artigos mais citados. O foco dos estudos está na busca de impactos causados pela implementação do teletrabalho ao trabalhador e à organização. Identifica-se que há poucos estudos de cunho longitudinal e poucos combinando os diversos atores envolvidos no teletrabalho, principalmente em relação às equipes de trabalho.</p> 2019-12-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista: apenas para a 1a. publicação http://www.periodicos.ufc.br/contextus/article/view/42748 O PROCESSO DE APRENDIZAGEM INDIVIDUAL A PARTIR DO ERRO VIVENCIADO POR GESTORES DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA 2020-01-16T15:33:54-03:00 Henrique Geraldo Rodrigues henrique@ufu.br Diógenes de Souza Bido diogenesbido@yahoo.com.br <p>O objetivo, neste artigo, foi identificar e analisar, no contexto de empresas de base tecnológica, o processo por meio do qual o erro individual foi abordado e levou à aprendizagem a partir de sua ocorrência. Mediante um estudo qualitativo básico, entrevistaram-se nove gestores de empresas de base tecnológica sediadas no Brasil. Os principais resultados indicam que a análise das situações-problema em que os efeitos dos erros se manifestam constituem-se em um importante estágio do processo de detecção e correção do erro. Também, delineou-se um percurso processual para a aprendizagem individual a partir do erro, no trabalho, pelo qual se evidencia como os estágios de detecção e correção do erro articulam-se com elementos que influenciam positivamente a aprendizagem. Tal perspectiva implica que as abordagens ao fenômeno devem considerar que a efetividade da aprendizagem a partir do erro é dependente do envolvimento do indivíduo no tratamento do erro.</p> 2019-12-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista: apenas para a 1a. publicação