O LUGAR DA INTERPELAÇÃO ÉTICA: O COLÓQUIO DUSSEL/VELASCO

  • Claudinei Aparecido de Freitas da Silva
Palavras-chave: Enrique Dussel. Ética. Interpelação. Sirio Lopez Velasco. Ecomunitarismo.

Resumo

O texto retoma um debate ainda em curso acerca do estatuto último da interpelação ética no contexto de uma filosofia da libertação aberta por Dussel e reorientada criticamente por Sirio Lopez Velasco. Para tanto, a análise se centrará no modelo velasquiano de uma “ética argumentativa” fundada à luz de três normas transcendentais tendo na perspectiva do “ecomunitarismo” seu horizonte utópico, por excelência.

Referências

APEL, K-O. Estudos de moral moderna. Tradução de Benno Dischinger. Petrópolis, RJ: Vozes, 1994.

AUSTIN, J. L. Quando dizer é fazer: palavras e ação. Tradução de Danilo Marcondes de Souza Filho. Porto Alegre: Artes Médicas, 1990.

DUSSEL, E. D. Filosofia da libertação na América Latina. Trad. Luiz João Gaio. São Paulo/Piracicaba, SP: Loyola/Unimep, 1982 (Coleção Reflexão Latino-Americana, 3, I).

_____. Ética comunitária. Tradução de Jaime Clasen. 2. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1987. (Série III: A libertação na história; vol. 8).

_____. 20 teses de política. Tradução de Rodrigo Rodrigues. São Paulo: Expressão Popular, 2007.

GRICE, H. P. Lógica e conversação. In: DASCAL, Marcelo (Org.). Pragmática: problemas, críticas, perspectivas da linguística. Tradução de João Vanderley Geraldi. Campinas, SP: Editora Unicamp, 1982.

LEVINAS, E. Totalité et infini: essai sur l’extériorité. 10. ed. Paris: Kluwer Academic, 2006.

LOPEZ VELASCO, S. Reflexões sobre a filosofia da libertação. Campo Grande: CEFIL, 1991.

_____. Etica de la liberación. Rio Grande, RS: Edgraf, 2000.

_____. Fundamentos lógico-linguísticos da ética argumentativa. São Leopoldo, RS: Nova Harmonia, 2003.

_____. Ética para o século XXI: rumo ao ecomunitarismo. São Leopoldo, RS: Editora Unisinos, 2005.

_____. Ideias para o socialismo do século XXI com visão marxiana-ecomunitarista. Rio Grande: Ed. FURG, 2012.

_____. Ideas y experiencias de la democracia: una mirada ecomunitarista. Porto Alegre: FI, 2017a.

_____. Contribuição à teoria da democracia: uma perspectiva ecomunitarista. Porto Alegre: FI, 2017b.

LYOTARD, J-F. La condition postmoderne: rapport sur le savoir. Paris: Minuit, 1979.

RANCIÈRE, J. “O dissenso”. In: NOVAES, Adauto (Org.). A crise da razão. Tradução de Paulo Neves. São Paulo: Companhia das Letras, 1996, p. 367-382.

Publicado
2018-12-29
Seção
Dossiê A Filosofia na América Latina