PARA UM DEBATE ENTRE SUBJETIVIDADE E PENSAMENTO TÉCNICOCIENTÍFICO EM DIÁLOGO COM ADORNO E HORKHEIMER

  • Ermínio de Sousa Nascimento
  • José Edmar Lima Filho
Palavras-chave: Autonomia, Aperfeiçoamento técnico-operacional, Racionalidade técnico-científica, Operador do saber técnico-científico

Resumo

O presente artigo considera a questão da subjetividade e do saber técnico-científico na perspectiva de Theodor W. Adorno (1903-1969) e Max Horkheimer (1895-1973), sobretudo no texto Dialética do Esclarecimento (1985), com o objetivo de identificar, baseado na crítica da concepção kantiana de esclarecimento, se é possível se ter a autonomia do sujeito conservando o saber técnico-científico como a única forma válida de conhecimento. O modus operandi desse saber, transmuta o sujeito pensante em operador técnico para produzir mercadoria na sociedade capitalista, convertendo autonomia em aperfeiçoamento técnico-produtivo. Com isso, homens e máquinas são unificados, tanto pela linguagem da ciência como na produção em série de mercadorias. A busca pela eficácia e utilidade do saber, ao invés de estimular o homem a se esforçar para fazer uso do seu entendimento por conta própria, para evitar interferências externas nas suas decisões, ao contrário, leva-o para uma competição com as máquinas, renunciando, gradativamente, à sua subjetividade para se adaptar aos mecanismos de dominação da sociedade capitalista.

Referências

ADORNO, T. W. Educação e emancipação. Trad. Wolfgang Leo Maar. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.
_____________; HORKHEIMER, M. Dialética do esclarecimento: fragmentos filosóficos. Trad. Guido Antônio de Almeida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1985.
BICCA, Luiz. Racionalidade moderna e subjetividade. São Paulo: Edições Loyola, 1997.
GRIFFIN, J. Wittgenstein´s Logical Atomism Londres/Seattle: University of
Washington Press, 1969.
HABERMAS, J. Técnica e ciência como Ideologia Trad. Artur Mourão. ed. 70,
Lisboa, Biblioteca de Filosofia contemporânea, 1968.
KANT, I. “Resposta à pergunta: que é o Esclarecimento?” In: KANT, I. Textos Seletos (edição bilíngue). Trad. Raimundo Vier. 2 ed. Petrópolis: Vozes, 1985.
LIMA FILHO, J. E. Esclarecimento e Educação em Kant: a autonomia como projeto de melhoramento humano. Trans/Form/Ação, Marília, v. 42, n. 2, p. 59-84, Abr./Jun., 2019.
NASCIMENTO, E. S. Linguagem e representação: uma abordagem
da Teoria da Figuração do Tractatus de Wittgenstein. Revista Homem, Espaçoe
Tempo v. 2, n. 1, p. 161 176, 2008.
MARC USE, H. Ideologia da sociedade industrial Trad. Giasone Rebuá. Rio de
Janeiro, Jorge Zahar, 1967.
Tecnologia, guerra e fascismo. Trad. Maria Cristina Vidal Borba. São
Paulo, Unesp, 1999.
Cultura e sociedade. Vol. I Trad. Wolfgang L eo Maar, Isabel Loureiro e
Rosbespierre de Oliveira. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1997.
MARQUES, J. O. de A. Forma e Representação no Tractatus de Wittgenstein. São
Paulo, Unicamp, 1998.
MARX, K. Os fundamentos da crítica da economia política. In: MARX, K ENGELS,
F. Textos sobre educação e ensino. São Paulo: Moraes, 1983, p. 38 43.
MATOS, O. C. F. A Escola de Frankfurt luzes e sombras do iluminismo São Paulo:
Moderna, 1993.
NASCIMENTO, E. de S. A crítica da racionalidade técnico científica e a formaç ão
do sujeito autônomo em Adorno no contexto da sociedade capitalista 2018. 136f.
Tese ( Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós graduação em
Educação, Fortaleza ( 2018.
O que é pensar para Wittgenstein no Tractatus logi co philosophicus 2006.
Dissertação ( Universidade Federal da Paraíba, Programa de Pós
graduação em Filosofia, João Pessoa ( 2006.
CHAGAS, E. F. O homem no contexto da ciência moderna em Adorno e
Horkheimer. In: CHAGAS, E. F.; R OQUE, J. I. B.; PEREIRA, A. M, dos S. (
Filosofia da ciência e formação humana. Curitiba: CRV, 2016, p. 63 72.
SANTOS, L. H. L. dos. A essência da proposição e a essência do mundo In:
WITTGENSTEIN. Tractatus Logico Philosophicus. São Paulo, EDUSP, 2 ed., 1994, p.
11 112.
SHWAYDER, D. S. On the Picture Theory of Language: Excerpts from a Review In.
COPI, I.; BERARD, R. W. ( Essays on Wittgenstein’s Tractatus Nova York:
Hafner, 1973, p. 305 312.
WITTGENSTEIN, L. Tractatus Logico philosophic us 2. ed.Trad. Luiz Henrique
Lopes dos Santos. São Paulo, EDUSP, 1994.
Publicado
2020-07-02
Seção
Dossiê Filosofia da Técnica e Educação