O ENSINO DA FILOSOFIA NO ENSINO MÉDIO NA PERSPECTIVA DE SÓCRATES: IRONIA E MAIÊUTICA

  • Francisco Cleano Lima Melo
  • José Carlos Silva de Almeida
Palavras-chave: Sócrates, Maiêutica, Ensino de Filosofia

Resumo

O presente artigo é resultado de uma pesquisa do Mestrado Profissional (PROF-FILO) que procurou investigar as contribuições do método socrático para o ensino de Filosofia na Educação Básica. A pesquisa teve como objetivo apresentar uma proposta metodológica de ensino da filosofia no ensino médio tendo como referência a maiêutica socrática. A investigação se baseia fundamentalmente em compreender o método socrático, encontrar os pressupostos necessários para o fazer filosófico no ensino médio a partir das investigação destes conceitos, despertar uma reflexão sobre de que forma podemos ensinar filosofia, ou seja, possibilitar caminhos para a prática do pensamento filosófico pelos discentes.  O artigo apresenta de forma metodológica os passos dados pelo filósofo Sócrates para chegar ao conhecimento. Por meio da atitude dialógica, Sócrates inspira um universo de possibilidades para pensar o ensino médio na atualidade. O ato de questionar, de buscar um fundamento que possibilite uma conceituação ou até mesmo uma nova dúvida se torna uma referência para pensar a prática docente e ao mesmo tempo favorece uma saída para analisarmos a metodologia socrática e com ela buscar uma atitude filosófica e questionadora diante do mundo.

Referências

BENOIT, Hector. Sócrates: O nascimento da razão negativa. 1. ed. São Paulo: Moderna, 1996. (Coleção Logos).
JAERGER, Werner. Paidéia: A Formação do Homem Grego. Tradução Artur M. Parreira . 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

JAPIASSU, Hilton. Um desafio à filosofia: pensar-se nos dias de hoje. São Paulo: Letras e Letras, 1997.

KIERKEGAARD, Søren Aabye. O conceito de ironia constantemente referido a Sócrates. 2. ed. Tradução de Álvaro Valls. Petrópolis: Vozes, 1991.

MARCONDES, Danilo. Iniciação à história da filosofia: dos pré-socráticos a Wittgenstein. 13. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2010.

PAGNI, Pedro Angelo (Org) et al. Introdução à Filosofia da Educação: Temas Contemporâneos e História. São Paulo: Avercamp , 2007.

PLATÃO. Mênon. Tradução de Maura Iglésias. Rio de Janeiro: Ed. PUC –Rio & Loyola, 2001.

________. Teeteto. Tradução do grego por Carlos Alberto Nunes. 3a. ed. Belém: Universidade Federal do Pará, 1988.

REALE, Giovanni; ANTISERI, Dario. História da filosofia: Filosofia Pagã Antiga.Tradução Ivo Storniolo. 3. ed. São Paulo: Paulus, v. 1, 2003.

SOFISTE, Juarez Gomes. Sócrates e o ensino da filosofia: Investigação Dialógica: uma pedagogia para docência de filosofia. Petrópolis: Vozes, 2007.
Publicado
2021-02-17
Seção
Dossiê Ensino de Filosofia