O ENSINO DA RETÓRICA NO ENSINO MÉDIO A PARTIR DE UMA PERSPECTIVA SOFÍSTICA

  • Valdo Rosário Sousa
  • Pedro Gontijo
Palavras-chave: Filosofia, Ensino Médio, Retórica, Sofistas

Resumo

O presente texto é resultado de uma pesquisa realizada no Mestrado Profissional em Filosofia – PROF-FILO, no núcleo da Universidade Federal de Tocantins sobre o ensino de retórica numa perspectiva sofística na disciplina filosofia no Ensino Médio. Tem por objetivo apresentar parte da investigação feita na pesquisa. Primeiro analisa alguns aspectos relacionados às raízes sofísticas da retórica e suas interações com pensadores de sua época, sobretudo Platão e Aristóteles com as respectivas convergências e divergências. Cita filósofos como Protágoras e Górgias e as respectivas caracterizações sobre a retórica. Na segunda parte apresenta uma discussão sobre a pertinência de se inserir o ensino de retórica no Novo Ensino Médio. Explicita que a preocupação com o desenvolvimento de competências era presente nos Parâmetros Curriculares Nacionais - PCNs, e na reforma promovida pela Lei nº 13.415/2017. Analisa o texto da Base Nacional Comum Curricular – BNCC onde a argumentação é uma das competências gerais que se espera que os estudantes desenvolvam ao longo da Educação Básica. Comenta também sobre o texto dos Referenciais para Elaboração Itinerários formativos, quanto à valorização de elementos de argumentação nas habilidades previstas para serem desenvolvidas no Ensino Médio.

Referências

ARISTÓTELES. Os Argumentos Sofísticos. Trad. Leonel Vallandro e Gerd Bornheim. São Paulo: Abril Cultural, 1973.

______. Retórica. Trad. Manuel Alexandre Júnior, Paulo Farmhouse Alberto e Abel do Nascimento Pena. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2012.

CASSIM, Barbara. Ensaios Sofísticos. Trad. Ana Lúcia de Oliveira e Lúcia Cláudia Leão. São Paulo, Edições Siciliano, 1990.

GUTHRIE W. K. C. Os Sofistas. Trad. João Rezende Costa. São Paulo: Paulus, 1995.

MEC. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Média e Tecnológica. PCN: ensino médio e tecnológica. – Brasília/DF: Ministério da Educação, 1999.

______. Base Nacional Comum Curricular – Ensino Médio. Brasília: 2018.

______. Referenciais Curriculares para Elaboração de Itinerários Formativos. Brasília: 2019.

PERELMAN, Chaïm. Tratado da Argumentação. Trad. Maria Ermantina Galvão G. Pereira. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

PLATÃO Diálogos I, (Protágoras). Trad. Edson Bini. São Paulo: Edipro, 2007.

______. Diálogos II, (Górgias). Trad. Edson Bini. São Paulo: Edipro, 2016.
Publicado
2021-02-17
Seção
Dossiê Ensino de Filosofia