CAPÍTULO 1 “MEANING” DA PARTE 1 “THE TRADITIONS OF SCIENCE” DA OBRA “AN ENQUIRY CONCERNING THE PRINCIPLES OF NATURAL KNOWLEDGE (Alfred North Whitehead)

  • Rafael Ferreira Martins

Resumo

Este trabalho consiste na apresentação da pioneira e primeira tradução ao português do capítulo 1 “Significado” (Meaning), composto por 3 subcapítulos: Conceitos Científicos Tradicionais, Relatividade Filosófica e Percepção; e oriundo da parte 1 “As Tradições da Ciência” (The Traditions of Science), que integra a obra “Um Inquérito Concernente aos Princípios do Conhecimento Natural” (An Enquiry Concerning the Principles of Natural Knowledge) – livro escrito pelo matemático e filósofo Alfred North Whitehead (1861 a 1947) nas duas primeiras décadas do século XX e publicado pela Editora da Universidade de Cambridge em 1919 (atualmente em domínio público). A justificativa para esta tradução é dada pela relevância da obra original, o livro que inaugurou a fase filosófica ampla da carreira de Whitehead, até então dedicada especificamente à fundamentação da lógica matemática. É, especificamente, no capítulo aqui traduzido, que Whitehead expõe, pela primeira vez, suas críticas ao tempo absoluto, ao espaço absoluto e ao conceito tradicional de “significado”, bem como estreia seus conceitos de “percepção”, “extensão” e “relatividade”. Tais críticas e conceitos, inaugurados no capítulo cuja tradução este trabalho apresenta, irão guiar e embasar a filosofia de Whitehead até seus últimos dias – sendo o conceito de “extensão” facilmente classificável como a pedra angular de toda a sua filosofia. A fonte do texto original, utilizada para o trabalho de tradução, foi a versão digitalizada e disponibilizada on-line, para livre uso, pela Biblioteca da Universidade da Califórnia.

Referências

WHITEHEAD, Alfred North. An Enquiry Concerning the Principles of Natural Knowledge. 1ª Edição. Londres: Cambridge University Press, 1919. Disponível, como material de domínio público, em: .
Publicado
2022-08-20
Seção
Tradução