Cuba e Estados Unidos

crises migratórias

  • Uelma Alves da Silva
Palavras-chave: Crise Migratória, Cuba, Estados Unidos da América, Fidel Castro

Resumo

O objetivo deste artigo é abordar as crises migratórias entre Cuba e Estados Unidos após a Revolução Cubana que forçaram os dois países a manterem um diálogo ao longo dos anos e mostrar a análise de Fidel Castro sobre esses períodos. No início dos anos 2000, ele concedeu uma entrevista para Ignácio Ramonet, a qual foi publicada no livro Fidel Castro: biografia a duas vozes (2016) o resultado de 300 horas de diálogo entre os dois. Dentre os muitos assuntos de que trataram, as migrações pela qual passou Cuba foi um dos discutidos por eles. As três crises migratórias que marcaram a história cubana são: Camarioca (1965), Porto de Mariel (1980) e a Crise dos Balseiros (1994). Fidel Castro discute também A Lei do Ajuste Cubano de 1966, que garantiu a entrada legal de povos cubanos aos Estados Unidos, tendo se tornado uma lei de incentivo para a emigração de cubanos para os Estados Unidos.

Publicado
2019-08-18
Como Citar
Silva, U. A. da. (2019). Cuba e Estados Unidos. Em Perspectiva, 5(1), 387-399. Recuperado de http://www.periodicos.ufc.br/emperspectiva/article/view/41904
Seção
Dossiê Temático