RELATO DE EXPERIÊNCIA - MONITORIA DE LÓGICA PARA COMPUTAÇÃO

  • Rodrigo Barbosa Almeida

Resumo

Sem sombra de dúvidas participar durante esse ano como monitor da disciplina delógica para computação, foi uma das melhores experiências que tive durante estes meusquatros anos de vida acadêmica, e existem alguns motivos que me fazem dizer essaafirmação de forma tão fácil, um desses motivos é minha enorme afinidade com a disciplina,quando eu era aluno de lógica para computação achei uma cadeira extremamenteinteressante, foi uma das poucas disciplinas no qual eu não ficava resmungando sobre asatividades que tinha para fazer, ou achava massivo ter que assistir suas aulas, posso dizerque foi prazeroso aprender sobre lógica para computação, e esse interesse me fez procurarparticipar de projetos como bolsas de iniciação científicas e extensão que estavamrelacionados com a área, como também tentar a vaga de monitor da cadeira.Outro motivo que me faz gostar tanto desta experiência que estou vivendo comomonitor, é o fato dela estar acontecendo exatamente como eu esperava, quando mecandidatei à vaga, o meu objetivo era ter um primeiro contato ensinando alguém, eu queriamelhorar minha capacidade de tirar dúvidas e expressar meus conhecimentos, eu queriaser capaz de falar de uma forma clara e fácil para quem estar me ouvindo. Como eu queroseguir à vida acadêmica e um dia poder ser professor, acreditava e acredito que à monitoriapoderia me trazer numa escala extremamente menor um pouco dessa experiência, erealmente foi isso que aconteceu, eu consigo notar que melhorei bastante na forma comome expresso, como também na maneira como interajo com outras pessoas.No início da monitoria eu usava uma abordagem que acabei percebendo que erapouco eficiente, eu tentava ouvir cada um dos alunos tirando suas dúvidas especificamente,dava certo nos dias que vinham poucos alunos, mas no meio do primeiro semestre desteano teve um aumento relevante na quantidade de alunos que começaram a ir para asmonitorias chegando em alguns dias até 25 alunos, e devido o fato de eu não conseguirmais ouvir cada um deles, perguntei como poderia melhorar à abordagem que a genteestava utilizando nas monitorias, assim chegamos à conclusão que eu iria começar usar alousa, eles trariam dúvidas, e as as dúvidas que mais se repetiam entre os alunos, eu iriaexplicando na lousa, isso foi o meu primeiro contato ensinado para um grupo de pessoasmesmo tempo, e aparentemente deu certo, eu gostava de como as monitorias estavamacontecendo, era algo muito dinâmico, porque eles se sentiam à vontade para me fazerperguntas, assim eu não ficava falando só, assim a gente respondia 3 ou 4 questões pordias, mas era o suficiente, porque no processo de responder essas perguntas, dúvidasmenores apareciam e iam sendo esclarecidas.Neste semestre comecei utilizar os forum do moodle para tirar dúvidas de algunsalunos à pedido dos professores que ensinam lógica neste segundo semestre do ano, àideia parece ser muito boa, vou poder ouvir alguns alunos que moram em outras cidades enão podem estar na universidade fora dos seus horários de aula, como também é umaforma de incentivar que os próprios alunos se ajudem, tirem suas dúvidas e compartilheconhecimento entre eles. De forma geral está sendo um prazer atuar como monitor este ano, é uma experiência incrível, apesar do tempo que é tomado, o feedback que recebo torna válido oempenho e o tempo gasto, também acredito que essa experiência vai ser fundamental parao meu crescimento acadêmico.
Publicado
2015-09-09
Seção
Encontros Universitários 2018 - Campus Quixadá