AVALIÇÃO IN VITRO DA ATIVIDADE COLAGENOLÍTICA DE BACTÉRIAS ISOLADAS DE LESÕES CARIOSAS DENTINÁRIAS

  • Naiara Oliveira Carvalho
  • Renato Daniel de Freitas
  • Beatriz Gonçalves Neves

Resumo

A contribuição das bactérias para a degradação da matriz de colágeno da dentina em lesões de cárie permanece desconhecida. O presente estudo teve como objetivo avaliar in vitro a atividade colagenolítica de bactérias isoladas de amostras de lesões cariosas dentinárias. Inicialmente, as bactérias foram cultivadas em meios de cultura e submetidas a um protocolo de extração enzimática. Os sobrenadantes obtidos das culturas de bactérias foram utilizados como amostras-teste. Um kit comercial para avaliação da atividade colagenolítica foi utilizado. Como substrato, foi utilizado FITC-colágeno bovino tipo I. A atividade das colagenases nas amostras foram determinadas com base nas quantidades de substrato de colágeno digerido. A atividade colagenolítica dos sobrenadantes bacterianos foi verificada através da medida da intensidade de fluorescência em um espectofotômetro e expressa em unidades/ml. Ao final dos experimentos, observou-se que as bactérias Bifidobacterium dentium, Cryptobacterium curtum, Megashaera elsdenii, Streptococcus salivarius, Streptrocococcus mutans, Prevotella salivae e Prevotella intermedia, Pseudoramibacter alactolyticus, Veilonella parvula, dentre outras, apresentaram atividade colagenolítica, de acordo com o experimento proposto. Bactérias como Lactobacillus salivarius, Streptococcus dentisani, Streptococcus parasanguinis e Streptococcus gordonii não apresentaram atividade colagenolítica. Apesar das limitações do presente estudo, os resultados são importantes e podem indicar bactérias potencialmente colagenolíticas e relacionadas com a progressão de lesões de cárie dentinária, uma vez que foram utilizadas neste experimento in vitro cepas bacterianas isoladas de amostras de cárie in vivo. Sugere-se a realização de modelo de biolfilme in vitro multiespécie a fim de investigar a capacidade colagenolítica destas bactérias e real contribuição para destas bactérias na degradação do colágeno da dentina.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Iniciação Científica – PRPPG