INFLUÊNCIA DA MELATONINA NA VIABILIDADE DE FOLÍCULOS PRÉ-ANTRAIS BOVINOS CULTIVADOS IN VITRO

  • Ivana de Sousa Brandão
  • Lais Raiane Feitosa Melo, Anderson Weiny Barbalho Silva, Ana Liza Paz Souza Batista
  • José Roberto Viana Silva

Resumo

A melatonina possui ação antioxidante durante a foliculogênesse, atuando, portanto, beneficamente em alguns aspectos reprodutivos. Contudo, pouco se sabe sobre seu efeito durante o desenvolvimento folicular pré-antral in vitro em bovinos. Desta maneira, o objetivo do presente estudo é avaliar o efeito de diferentes concentrações de melatonina sobre a viabilidade de folículos pré-antrais (secundários) bovinos cultivados in vitro. Para isso, ovários bovinos foram coletados de abatedouro local e transportados ao laboratório. Os folículos secundários foram isolados mecanicamente e cultivados in vitro nos seguintes tratamentos: TCM-199 sozinho (controle) ou suplementado a melatonina (0,001/0,1/10 ou 1000 pM). Estes folículos foram cultivados em um sistema bidimensional por 18 dias a 38,5°C em ar umidificado com 5% de CO2. Subsequentemente, eles foram submetidos a uma análise de fluorescência, com marcadores de viabilidade (calceína) e de morte celular (homodímero de etídio), a fim de identificar a integridade dos folículos cultivados in vitro. Os resultados mostraram que folículos cultivados por 18 dias em meio suplementado com melatonina em diferentes concentrações (0,001/0,1/10 ou 1000 pM) apresentaram coloração positiva para calceína-AM, mas não para homodímero de etídio-1. Dessa forma, conclui-se que a adição de melatonina no meio de cultivo mantém a integridade folicular durante o desenvolvimento de folículos secundários bovinos.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Iniciação Científica – PRPPG