NARINGINA COMO ALVO FARMACOLÓGICO PARA DEPRESSÃO EM DIVERSOS ESTUDOS COM MODELOS ANIMAIS.

  • Isaac Carioca de Oliveira
  • Mateus Aragão Esmeraldo, Miguel Costa Rodrigues Junior, Lissiana Magna Vasconcelos Aguiar
  • Carla Thiciane Vasconcelos de Melo

Resumo

Introdução: Flavanoides são denominados como um grupo de metabólitos biologicamente ativos, extraídos de fontes herbáceas. A naringina é um flavanoide formado a partir da naringenina, sendo encontrado em uva e outras frutas cítricas e usado em preparações fitoterápicas na medicina chinesa, como a Drynaria fortunei. Os flavonoides são conhecidos pelos seus efeitos biológicos, entre eles o anti-inflamatório e o anti-oxidante. Outros efeitos benéficos da naringina foram sugeridos em desordens neurológicas, como ansiedade, depressão e doença de Alzheimer. Objetivo: O objetivo deste trabalho foi quantificar os estudos que abordam a utilização da naringina como alvo farmacológico na depressão em modelos animais. Método: Foram pesquisados nas bases de dados Pubmed, Scielo e ScienceDirect artigos que abordassem a utilização da naringina para o tratamento de depressão em modelos animais, utilizando os descritores combinados “naringenin” and “depression” and “mice”, publicados entre 2010 a 2019. Resultados: A busca resultou em 10 artigos, 7 artigos no Pubmed, 3 no Science Direct e nenhum na Scielo. Destes, foram contabilizados os que estavam de acordo com os critérios de inclusão e eliminados os repetidos, restando 8 artigos. O efeito antidepressivo da naringina foi evidenciado em 87,5% dos estudos analisados. Dentre os testes comportamentais utilizados para constatar essas atividades, o teste de suspensão da cauda foi realizado em 75% dos estudos e o teste de nado forçado em 50%, ambos trazendo resultados significantes no tempo de diminuição da imobilidade, sugerindo a eficácia antidepressiva desta substância. Conclusão: A naringina tem apresentado eficácia antidepressiva em diversos estudos com modelos animais de depressão, o que a torna um possível alvo farmacológico de investigação para o tratamento clínico da depressão.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Iniciação Científica – PRPPG