EFICÁCIA E SEGURANÇA DE UM COMPOSTO ISOLADO 6,7-DIMETOXICUMARINA E DE UM DERIVADO SEMISSINTÉTICO 6,7-DIMETOXI-3-NITROCUMARINA, OBTIDOS DE PLATYMISCIUM FLORIBUNDUM VOG EM UM ENSAIO PRÉ-CLÍNICO DE PERIODONTITE EM RATAS

  • Ana Larissa de Queiroz França
  • Jordânia Marques de Oliveira freire, Hellíada Vasconcelos Chaves, Luzia Herminia Teixeira de Sousa, Iara Laís Lima de Sousa
  • Mirna Marques Bezerra

Resumo

Periodontite é uma doença imuno-inflamatória multifatorial, caracterizada por intenso infiltrado celular e reabsorção óssea. Os tratamentos convencionais podem ser limitados, sendo necessária a utilização de agentes terapêuticos como anti-inflamatórios não-esteroidais e antibióticos, no entanto podendo acarretar efeitos colaterais. Na tentativa de superar essas limitações, a busca por agentes terapêuticos mais seguros ainda continua. Dentre estas alternativas naturais destaca-se Platymiscium floribundum Vog (Pf), e seu componente 6,7-dimetoxicumarina. Este estudo se propôs a investigar a eficácia e segurança do derivado 6,7-dimetoxicumarina e do composto semissintético 6,7-dimetoxi-3-nitrocumarina em um modelo de periodontite em ratas. A periodontite foi induzida pela colocação de fio de náilon nos molares de ratas, que foram tratadas com o composto isolado ou com o composto semissintético (1 mg/kg) já citados ou ainda com salina, na forma de oral, administrados, uma vez ao dia, 1h hora antes da indução e por um período de 11 dias. No 11º dia os animais foram eutanasiados, sob overdose anestésica, as maxilas foram removidas para análise morfométrica da perda óssea alveolar. Além disso, o sangue foi coletado para dosagens bioquímicas (Fosfatase Alcalina Total, AST e ALT). A análise estatística (p<0> 0,001) a reabsorção óssea alveolar, mantendo a topografia do osso regular, quando comparada ao grupo doente. Os animais não mostraram sinais de toxicidade ao longo do curso experimental, demonstrando integridade dos marcadores bioquímicos AST, ALT e FAT. Esses achados mostram que o composto isolado e o composto derivado semissintético possuem atividades anti-inflamatórias e anti-reabsortivas em um ensaio pré-clínico de periodontite, representando uma importante ferramenta biotecnológica.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação – PRPPG