NÍVEIS DE MRNAS PARA GDF9, CCNB1, H1FOO, CMOS, PARN E EIF4E EM OÓCITOS DE FOLÍCULOS ANTRAIS PEQUENOS, MÉDIOS E GRANDES

  • Laryssa Gondim Barrozo
  • Anderson Weiny Barbalho Silva, Ana Liza Paz Souza Batista, Francisco Taiã Gomes Bezerra
  • José Roberto Viana Silva

Resumo

Durante o crescimento, oócitos sintetizam grandes quantidades de RNA mensageiro (mRNA) que se acumulam para formar um estoque de mRNA materno. Uma vez esclarecidos esses mecanismos de síntese, a produção in vitro de embriões a partir de oócitos inclusos em folículos antrais pode ser otimizada. Assim, este estudo objetiva avaliar os níveis de RNA mensageiro (mRNA) para eIF4E, PARN, H1FOO, cMOS, GDF9 e CCNB1 em oócitos de folículos antrais em diferentes estágios de desenvolvimento. Ovários bovinos (n=160) foram obtidos em matadouro e transportados em solução salina contendo antibióticos a 30 °C. No laboratório, os complexos cúmulos oócitos (CCOs) foram aspirados de folículos antrais pequenos (1,0-3,0 mm de diâmetro), médios (3,0-6,0 mm) e grandes (> 6,0 mm). Em seguida, as células do cumulus foram removidas por vortex e os oócitos foram armazenados a -80 °C para extração de RNA. Os oócitos de folículos antrais grandes foram utilizados como controle fresco na comparação com as demais categorias oócitarias. O RNA total foi extraído com o reagente Trizol (Invitrogen, São Paulo, Brasil), a transcriptase reversa foi realizada com o Superscript e a quantificação do mRNA para GDF9, CCNB1, H1FOO, cMOS, PARN,e eIF4E foi feita usando SYBR Green. Os resultados mostraram que os níveis de mRNA para CMOS e IF4E em oócitos de folículos antrais, pequenos, médios e grandes não foram diferentes. Pelo contrário, os níveis de mRNA para PARN em oócitos de folículos antrais médios foram maiores do que os observados em oócitos de folículos antrais e pequenos (p <0,05). Em conclusão, a expressão de H1FOO, GDF9, CCNB1 e PARN esta associada ao crescimento dos folículos antrais.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação – PRPPG