ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO NO BRASIL: EM FOCO AOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

  • Francisco Julivando Rocha Frota
  • Larissa Gomes Victor, Ana Kerlákia Souza do Nascimento, Carlos Henrique Gomes Ferreira, Francisca Zilania Mariano
  • Thaisa França Badagnan

Resumo

Este trabalho, tem por objetivo abordar as dificuldades de inserção e as desigualdades salariais das pessoas portadoras de deficiências no mercado de trabalho formal brasileiro. Para se atingir o objetivo, fez-se o uso de microdados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), do ano de 2013. O estudo foi realizado por meio de pesquisas bibliográficas que teve como referência diferentes autores, buscou-se analisar os caminhos percorridos até a contemporaneidade, as determinações legais e os fatores de influências no processo de inclusão das pessoas portadoras de deficiências no mercado de trabalho, para um embasamento teórico. Além do estudo dos dados e levantamento de estatísticas, que possibilitaram analisar as desigualdades no mercado de trabalho, com ênfase aos portadores de deficiências. Além disso, elaborou-se um modelo econométrico do tipo semilogarítmico (log- lin), para relacionar a renda bruta mensal dos portadores de deficiências com os demais indivíduos da amostra, levando-se em consideração variáveis influenciadoras na renda (sexo, idade, raça, horas de trabalho por semana, deficiência intelectual, deficiência física, deficiência auditiva, deficiência visual, plano de saúde e valor da mensalidade do plano de saúde). Feita a análise, constatou-se que a renda média dos indivíduos desta amostra é igual a R$ 1.490,27, mas individualmente os portadores de deficiências possuem uma média salarial menor do que a renda média geral, como pode ser observado nos resultados deste trabalho. Dessa forma, podemos concluir que mesmo diante das leis que comprovam obrigatoriedade na contratação dessas pessoas, nos deparamos com a falta de conhecimento e visibilidade das empresas com relação aos portadores de deficiências.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Iniciação à Docência – PROGRAD