ANÁLISE DO PERFIL DE DIFICULDADES DE UMA TURMA DE ALUNOS DE EPIDEMIOLOGIA QUANTO AOS ASSUNTOS DA DISCIPLINA.

  • Antonio Gabriel Moura Louzada
  • GUSTAVO PESSOA PINTO
  • Roberta Cavalcante Muniz Lira

Resumo

INTRODUÇÃO: A disciplina de Epidemiologia é importante para alunos e profissionais da área da saúde, pois permite investigações mais profundas a partir de ferramentas estatísticas na busca de soluções mais precisas para questionamentos clínicos e de saúde pública, tendo como arcabouço a Medicina Baseada em Evidências. Porém, a despeito de sua eminente importância na vida de qualquer profissional médico, os alunos costumam se referir à disciplina como motivo de grandes dificuldades do ponto de vista didático. OBJETIVO: Identificar qual assunto da disciplina de Epidemiologia é motivo de mais dificuldade dentre os alunos do terceiro semestre de uma Faculdade de Medicina. METODOLOGIA: 40 alunos foram convidados a responderem em casa um documento com 23 questões de processos eletivos dos grandes programas de residência do país sobre os assuntos da disciplina de Epidemiologia que eram comuns à grade curricular, categorizadas em 4 grandes assuntos: Medidas de Associação (MA), Tipos de Estudo (TE), Intervalo de Confiança (IC) e Testes Diagnósticos (TD). Após isso, os mesmos alunos foram convidados a responderem um questionário simples, informando quais questões foram as mais difíceis, podendo escolher até 6 questões. A análise estatística buscou comparar a proporção de questões escolhidas como as mais difíceis e a proporção de questões no documento para cada assunto. RESULTADOS: As proporções de questões no documento utilizado para os assuntos foram: MA (30%), TE (39%), IC(17%), TD(13%). As proporções de questões apontadas como as mais difíceis, para cada assunto foram: MA(30,5%), TE(11,1%), IC(22,2%), TD(36,2%). DISCUSSÃO: A maior discrepância entre as proporções estudadas para o assunto Testes Diagnósticos ratifica a grande dificuldade encontrada pelos alunos nesse assunto, reforçando a necessidade da utilização de novas ferramentas didáticos no contexto do ensino desse ponto dentro da disciplina.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Iniciação à Docência – PROGRAD