LEVANTAMENTO DE LAUDOS HISTOPATOLÓGICOS DE LESÕES MALIGNAS EM CAVIDADE ORAL EM UM SERVIÇO DE ESTOMATOLOGIA DO CEARÁ

  • Gislayne Nunes de Siqueira
  • Marcelo Bonifácio da Silva Sampieri, Filipe Nobre Chaves, João Victor Morais de Lima, Wylly Wesley Costa de Moura
  • Denise Hélen Imaculada Pereira de Oliveira

Resumo

INTRODUÇÃO: Dentre os 6,4 milhões de neoplasias malignas diagnosticadas no mundo, aproximada¬mente 10% estão localizadas na boca, sendo esse o sexto tipo de câncer mais incidente no planeta. O exame histopatológico consiste na análise microscópica dos tecidos para a detecção de possíveis lesões existentes, com a finalidade de informar ao clínico a natureza, a gravidade, a extensão, a evolução e a intensidade das lesões, além de sugerir ou confirmar a causa da lesão. OBJETIVOS: Realizar um levantamento dos laudos histopatológicos de lesões malignas em um serviço de estomatologia do Ceará, entre maio de 2010 e maio de 2019. Além de, discutir e reproduzir esses laudos juntamente com os alunos através de aulas práticas como atividades de monitorias. METODOLOGIA: Análise retrospectiva e descritiva de laudos histopatológicos de pacientes diagnosticados com câncer de boca nos últimos 10 anos na Clínica de Estomatologia da UFC – Campus Sobral no Ceará. Foram analisadas e discutidas as características histopatológicas inerentes a cada lesão, RESULTADOS: Durante o período de 10 anos, foram diagnosticados 95 casos de lesões malignas em cavidade oral. Destes, 82 casos foram diagnosticados como carcinoma de células escamosas oral, uma neoplasia de origem epitelial, configurando 87% dos casos; 7 casos de lesões de origem glandular salivar, como o carcinoma mucoepidermóide e adenocarcinoma, configurando 10% dos casos; 2 casos de origem mesenquimal como o linfoma de células do manto e o sarcoma granulocítico compondo 2% dos casos e 1 caso de lesão de origem vascular, o angiossarcoma compondo 1% dos casos. CONSIDERAÇÕES FINAIS: O exame histopatológico é considerado o padrão ouro para esclarecimento diagnóstico, dessa forma o conhecimento dos alunos sobre o assunto se torna imprescindível para que no futuro próximo, como profissionais, sempre optarem pela correta modalidade terapêutica e saberem como encaminhar seus pacientes para o serviço especializado.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Iniciação à Docência – PROGRAD