MONITORIAS DE FARMACOLOGIA E TERAPÊUTICA MEDICAMENTOSA COM O USO DE QUESTIONÁRIOS SEMANAIS - RELATO DE EXPERIÊNCIA

  • Gabriela Moreno Marinho
  • Thalys Gustavo Oliveira Martins, Francisco Cesar Barroso Barbosa, Ana Larissa de Queiroz França, Maria Ester Frota Fernandes
  • Hellíada Vasconcelos Chaves

Resumo

O estudo farmacologia é fundamental para a formação plena de um cirurgião-dentista, pois é necessário conhecimento dos medicamentos que o mesmo dispõe para tratamentos odontológicos, e as possíveis interações medicamentosas no paciente, que podem ocorrer diante de um tratamento médico paralelo. Todos os fármacos podem afetar o organismo como um todo. O presente trabalho visa relatar a experiência no Programa de Iniciação à Docência: Projeto Metodologia de Aprendizagem em Farmacologia e Terapêutica Medicamentosa com alunos do terceiro semestre do curso de Odontologia. Partindo da teoria Neil Fleming e Colleen Mills, criadores do questionário VARK, que aponta quatro perfis de aprendizagem: visual, aural, ler e escrever e cinestésico, foi desenvolvido um Plano de Atividades que pudesse abranger os quatro tipos de aprendizagem. Estabeleceu-se então a elaboração de questionários semanais sobre as temáticas discutidas em sala de aula, de tal forma que as perguntas fossem formas de recapitular o que foi visto em aula, e as respostas seriam corrigidas em Grupos de Discussão com os monitores. Além disso, a fim de compilar o denso conteúdo estudado, foi criado também 3 Manuais com resumos direcionados para os estudos de cada assunto visto em aula e nos Grupos de Discussão. Ao final de 18 encontros, foi apontado 78% de adesão à metodologia dos questionários pelos 39 alunos participantes da disciplina e não houve reprovações na disciplina. Dessa forma, é possível concluir que o Plano de Atividades elaborado obteve sucesso e que pode ser reproduzido dentro de outras disciplinas.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Iniciação à Docência – PROGRAD