RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA MÚSICA UFC SOBRAL NO CSTI MARIA DORILENE: VIVÊNCIAS E PRÁTICAS

  • Jonas Gomes da Silva Neto
  • João Paulo da Silva Oliveira, José Dimas Loiola de Sousa, Arthur Prado Ximenes
  • João Emanoel Ancelmo Benvenuto

Resumo

O trabalho visa apresentar as experiências formativas no Residência Pedagógica Música UFC/Sobral no âmbito do CSETI Maria Dorilene, com ênfase para o compartilhamento das vivências elaboradas nas aulas de Artes e nas oficinas de música ministradas pelos residentes na escola. O objetivo da investigação tem como intuito caracterizar as vivências e práticas de ensino-aprendizagem musical que são desenvolvidas na escola desde o ano de 2018. Para tanto, a metodologia da pesquisa contemplará a análise dos depoimentos dos bolsistas e da preceptora do projeto na referida escola a partir da realização de uma entrevista com roteiro semiestruturado. O CSETI Maria Dorilene, inaugurado no ano 2014, foi a primeira escola de tempo integral da cidade de Sobral, sendo uma das primeiras a inserir duas aulas de Artes no componente curricular escolar, com a seguinte estrutura: uma aula do conteúdo geral de Artes e; uma aula específica de Música, no qual são abordados atividades de apreciação musical, iniciação à linguagem musical e experiências práticas de fazer musical. Como o CSETI Maria Dorilene é de tempo integral, não existe o tempo de contraturno, daí que as oficinas de Música (violão, sopros e percussão) são realizadas no intervalo do almoço, duas vezes por semana, com duração de 50 minutos. Nas oficinas são trabalhadas atividades de prática instrumental e ensaio de repertórios para apresentações dentro e fora da escola no decorrer do ano letivo (Mostra Residência Pedagógica e Pibid Música UFC-Sobral, datas comemorativas escolares, entre outras). Por fim, compreende-se que as vivências e as práticas de Música promovida pelos bolsistas-residentes na escola proporcionam a mudança de perspectiva dos alunos em torno das possibilidades culturais e artísticas do fazer musical e, também, possibilitam aos agentes envolvidos (residentes e preceptor) uma visão mais ampla do campo de atuação profissional.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Iniciação à Docência – PROGRAD