A IMPORTÂNCIA DA CRIAÇÃO DA COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS DA UFC, COM A COMISSÃO TEMÁTICA DE ASSÉDIO: RELATO DE EXPERIÊNCIA

  • Dágila Vasconcelos Rodrigues
  • Daynara Maria Freire Batista, Mariana Ramalho de Farias
  • Virginia Régia Souza da Silveira

Resumo

A comissão dos direitos humanos da Universidade federal do Ceará foi instituída para contribuir com uma sociedade pautada nos princípios humanos, promovendo o combate a atos discriminatórios, intolerantes e que representem quaisquer formas de assédio. O assédio moral se constitui como um ato de expor um indivíduo a situações humilhantes e constrangedoras, e se faz presente em diversos contextos, inclusive pode ser perpetuado no ambiente acadêmico. É notável que a criação desta comissão, tais como suas comissões temáticas se tornou necessária, à medida que o ambiente acadêmico deve proporcionar aos estudantes condições igualitárias enquanto instituição que permitam condições adequadas de aprendizagem. Portanto, este é um relato de experiência visando a importância da comissão de direitos humanos e da comissão temática em combate ao assédio moral, que é composta por membros efetivos da instituição, dentre eles: docentes, servidores e estudantes indicados pelo reitor e aprovados pelo conselho. Suas atuações tem finalidade de promover ações educativas, implantar políticas institucionais dentre outras ações que visibilizem a promoção dos direitos humanos na instituição acadêmica. Levando em consideração estes aspectos, é notável a importância da comissão no ambiente acadêmico, pois ela representa e garante os direitos e valores essenciais para o convívio no ambiente educacional, combatendo situações que podem ocasionar danos na integridade ou até mesmo que afetem na produtividade e aprendizagem do estudante.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Iniciação Acadêmica – PRAE