CRIAÇÃO DE UM INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DOS INDICADORES DE QUALIDADE DO CME DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UFC, CAMPUS DE SOBRAL.

  • José Venâncio de Almeida Azevedo
  • Francisco Gultierrez Lima Souza, Ana Priscila de Araújo Machado, Adriana da Silva Mendes, Rosane Sales Lima
  • Andrine Tavares Pereira Felipe

Resumo

Um dos fatores mais importantes no controle de infecção nos serviços de saúde é a qualidade do processamento dos materiais. A avaliação da qualidade das práticas realizadas em saúde pode ser mensurada por meio de indicadores. A gestão desses indicadores em um CME subsidiam o reconhecimento de possíveis problemas referentes à estrutura, processos e resultados que, quando analisados, auxiliam a busca de soluções, refletindo na melhoria do serviço prestado e na redução de custos. Desse modo, este estudo teve como objetivo criar um instrumento de avaliação dos indicadores de qualidade do CME do Curso de Odontologia da UFC, Campus de Sobral. Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem quantitativa, em que foi desenvolvido um check-list com os dados específicos para cada estação de trabalho. O check-list foi baseado na literatura e adaptado à realidade do CME, o qual contém dados relativos a três grandes áreas: Limpeza; Preparo, Acondicionamento e Esterilização; Guarda e Distribuição, que foram subdivididos em: Planta Física; Organização e Funcionamento; Recursos Materiais. Para avaliação foram categorizados em: Avaliação de Estrutura; Avaliação de Resultado; e Avaliação de Processo. Como critérios de avaliação foram escolhidos os métodos de Inspeção, Registro e Entrevista. Os resultados serão avaliados por meio das categorias Atende; Não Atende e Inaplicável. A presença do Bolsista de Iniciação Acadêmica no desenvolvimento desse estudo foi de suma importância, em virtude da sua vivência e do seu interesse demonstrado pelo serviço, podendo contribuir de forma a propor indicadores para comporem o instrumento. Pretende-se dar continuidade a este trabalho com a validação e posterior aplicação deste instrumento, a fim de subsidiar a tomada de decisão da gestão e melhorar os processos e resultados do serviço.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Iniciação Acadêmica – PRAE