EXPERIÊNCIA DE APLICAÇÃO DE UM INSTRUMENTO NÃO VERBAL DE INTELIGÊNCIA

  • Natacha Oliveira Júlio
  • Milena Fontenele de Oliveira, Larissa Mesquita Farias Protásio, André Sousa Rocha
  • Maria Suely Alves Costa

Resumo

Os testes de inteligência são estudados desde o início do século XX, em 1905, com Alfred Binet. E com o passar do tempo foram sendo estudados os específicos testes de inteligência, entre eles o teste não verbal de inteligência. Teste não verbal de inteligência é uma categoria inserida nos testes de inteligência. O Teste de Inteligência Geral Não-Verbal (TIG-NV) é um teste de inteligência que se propõe a avaliar diferentes aspectos da inteligência como atenção, concentração, aprendizagem, conhecimento formal, orientação espacial, comportamento visomotor, memória de reconhecimento, memória operacional, percepção e flexibilidade a partir de tarefas de raciocínio não verbal divididas em 30 itens de múltipla escolha. A partir disso, tem- se como objetivo discorrer sobre a aplicação do TIG-NV na atividade prática da disciplina de Psicometria. Para aplicação foi utilizada uma sala de atendimento no Serviço de Psicologia Aplicada (SPA) da Universidade Federal do Ceará - Campus Sobral que contou com uma organização prévia. Participou uma jovem adulta de 20 anos, com escolaridade nível superior. Sua colaboração foi voluntária, anônima de modo a garantir a ética e o sigilo das informações. O tempo médio da aplicação durou 30 minutos, dentro do esperado de acordo com o manual do instrumento. De forma geral, a aplicação foi tida como satisfatória, visto que a participante compreendeu a proposta do teste, não houve dúvidas e o tempo necessário para a finalização do teste foi a margem prevista pelo manual. Conclui-se que a relação da inteligência verbal com os graus de escolaridade apresentada no manual do TIG-NV se mostra pertinente, todavia, em um país com discrepâncias educacionais entre ensino público e ensino privado, tal critério deve ser observado com bastante cuidado, por isso, a necessidade de refletir sobre o instrumento a ser avaliado e integrar com outras técnicas, instrumentos, a fim de reunir informações fiáves.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Iniciação Acadêmica – PRAE