LEVANTAMENTO DAS AÇÕES DO CURSO DE MÚSICA: UMA ANÁLISE ESTATÍSTICA ENTRE OS ANOS DE 2011 A 2019

  • Ticiane Érica Ricardo Rodrigues
  • NULL
  • Ubeneí Sousa de Farias

Resumo

DIANTE DA PROXIMIDADE DOS 10 ANOS DE IMPLEMENTAÇÃO DO CURSO DE MÚSICA - LICENCIATURA NO CAMPUS SOBRAL SENTIU-SE A NECESSIDADE DE MENSURAR O HORIZONTE DE ATUAÇÃO DOS DISCENTES DO CURSO, PARA TAL, A PESQUISA OBJETIVOU-SE EM VERIFICAR O NÚMERO DE PROJETOS E DE BOLSAS, E POR MEIO DESSES QUANTITATIVOS, ACOMPANHAR COMO SE DEU O DESENVOLVIMENTOS DAS AÇÕES NO CURSO. UTILIZOU-SE DOS REGISTROS DOCUMENTAIS DO CURSO, DAS PRÓ-REITORIAS, DA ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL, DA DIREÇÃO DO CAMPUS E DOS SITES DOS PROJETOS DESENVOLVIDOS NO CURSO, PARA CONTABILIZAR O NÚMERO DE BOLSAS E PROJETOS OFERTADOS AO CURSO NOS EIXOS, PESQUISA, ENSINO, EXTENSÃO E ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL, NO PERÍODO DE 2011 A 2019. O QUE OBSERVOU-SE AO LONGO DOS NOVE ANOS DO CURSO DE MÚSICA - LICENCIATURA NO CAMPUS DE SOBRAL, FOI QUE OS EIXOS EM QUE HÁ MAIOR ATUAÇÃO DISCENTE SÃO OS DE ENSINO E EXTENSÃO, TANTO PELA OFERTA DE PROJETOS COMO EM NÚMEROS DE BOLSAS, E AINDA VER-SE QUE O EIXO DE PESQUISA CAMINHA A PASSOS MAIS LENTOS NOS DOIS PONTOS EM ANÁLISE. A ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL MOSTRA UMA CONSTÂNCIA NO NÚMERO DE PROJETOS ATÉ 2015, VINDO A CRESCER NOS ANOS SEGUINTE, O QUE, REFLETE NO NÚMERO DE BOLSAS, TENDO O MESMO DESENVOLVIMENTO AO LONGO DO TEMPO. DIANTE DESSES RESULTADOS OBTIDOS PELA PESQUISA, É POSSÍVEL OBSERVAR QUE OS DISCENTES DO CURSO MÚSICA TEM UMA AMPLA OFERTA DE PROJETOS NAS ÁREAS DE ENSINO E EXTENSÃO, O QUE SE JUSTIFICA POR SER UMA LICENCIATURA, QUE LEVA O CORPO DOCENTE A DESENVOLVER AÇÕES/ATIVIDADES QUE PROPICIEM UMA MAIOR INSERÇÃO DOS ALUNOS NAS PRÁTICAS DOCENTES DESDE O INÍCIO DA GRADUAÇÃO, FAZENDO DOS PROJETOS UM MEIO DE PROPORCIONAR EXPERIÊNCIAS FORA DE SALA DE AULA. A ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL REVELOU-SE UM EIXO FORTE DE “ACOLHIMENTO” DOS DISCENTES DO CURSO, COM OS SEUS PROJETOS QUE VISAM FACILITAR A PERMANÊNCIA DOS ALUNOS NA GRADUAÇÃO. EM CONTRAPARTIDA, A ÁREA DE PESQUISA MOSTROU-SE COM GRANDES OSCILAÇÕES NO NÚMERO DE PROJETOS E UM PEQUENO CRESCIMENTO NO NÚMERO DE BOLSAS NOS ANOS MAIS RECENTES.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Iniciação Acadêmica – PRAE