ANÁLISE DO CONHECIMENTO DA POPULAÇÃO DE SOBRAL ACERCA DA PREVENÇÃO E DOS CUIDADOS COM QUEIMADURAS

  • Brenda Meneses Santos
  • Patrick Gonçalves de Oliveira, Felipe Salim Habib Buhamara Alves Nasser Gurjão, Kaio Júlio César de Sousa Nogueira, Luis Eduardo Oliveira Matos
  • Júlio César Chagas e Cavalcante

Resumo

INTRODUÇÃO: As queimaduras são um grave problema de saúde pública no Brasil, podendo trazer problemas físicos, psicológicos e sociais ao paciente, bem como levar a óbito. Queimadura consiste em feridas traumáticas ocasionadas por agentes térmicos, químicos e elétricos na maioria das vezes. De acordo com o Ministério Saúde, foi avaliado que no Brasil acontecem cerca de 1 milhão de incidentes por queimaduras ao ano, sendo que apenas 100 mil procuram atendimento em hospitais e, destes, cerca de 2.500 irão a óbito de maneira indireta ou direta devido às lesões causadas pela queimadura. OBJETIVOS: Estimar a prevalência de queimaduras e mensurar os conhecimentos da população de um município do interior do Ceará acerca da prevenção de queimaduras, assim como quais os cuidados após o acidente. METODOLOGIA: estudo transversal, quantitativo, realizado por meio de questionário aplicado no dia 8 de junho de 2019, durante ação extensionista de prevenção de queimaduras realizada em um espaço público de Sobral. O estudo obteve aprovação do Comitê de Ética. RESULTADOS: Foram entrevistados 60 indivíduos, destes 68,3% relataram já ter sofrido alguma queimadura e 65% revelaram que algum familiar já havia se queimado. 83,7% das queimaduras dos familiares foram do tipo térmica e em 35% das vezes a ação foi colocar água corrente ou gelada, seguido de 14% em que a ação era levar ao médico. Ainda, foi visto que em 21% a ação foi colocar pasta de dente sobre a queimadura. E em 5% foi usar manteiga. Um entrevistado relatou que colocaria lama sobre a lesão. CONCLUSÃO: As queimaduras têm elevada prevalência na população de estudo, porém os conhecimentos acerca dos cuidados ainda estão aquém do que seria necessário, suscitando a necessidade de mais ações educativas sobre prevenção e cuidados.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Extensão – PREX