O PROCESSO DE TERRITORIALIZAÇÃO COMO PRIMEIRA ETAPA DO PROGRAMA PET SAÚDE/INTERPROFISSIONALIDADE NA ATENÇÃO PRIMÁRIA DA CIDADE DE SOBRAL, CE

  • Ana Auriane Marques Xavier
  • Carla Ribeiro de Sousa, Lorena Leite Mendonça Escócio, Jacques Antonio Cavalcante Maciel, Maria Socorro de Araújo Dias
  • Camilla Araujo Lopes Vieira

Resumo

Introdução: O PET-Saúde/Interprofissionalidade 2019/2021 é um programa da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), com o objetivo de articular suas ações de intervenção nos territórios do grupo tutorial, por meio de uma estratégia de Educação Interprofissional (EIP). As primeiras etapas dessas ações se configuram na realização do processo de territorialização, ao passo que trata-se de um elemento essencial para a formulação de diagnósticos sobre a situação de saúde da população. Objetivo: Descrever a experiência de territorialização na Atenção Primária e sua importância como primeira etapa para o diagnóstico do território. Metodologia: Trata-se de um relato de experiência, de cunho qualitativo descritivo, sobre a realização do processo de territorialização nos CSF: Antônio Ribeiro da Silva (Torto), Dr. José Silvestre Cavalcante Coêlho (Santo Antônio), Herbet de Sousa (Padre Palhano), Gerardo Carneiro Hardy (Estação), da cidade de Sobral. Realizado por monitores e preceptores atuantes na Atenção Primária do projeto Pet - Saúde, no período de abril a outubro 2019, com no mínimo uma visita a cada posto semanalmente. No fim, com base no acompanhamento semanal, os alunos fizeram um diagnóstico levando em conta tanto as análises feitas no posto quanto as adquiridas através da própria população. Resultados: Cada território possui demandas específicas, onde as principais são saúde mental, doenças crônicas não transmissíveis e má relação interpessoal entre os profissionais da equipe da Unidade de Saúde. Conclusão: Assim sendo, percebe-se, a partir das análises feitas pelos monitores e preceptores, que é de real necessidade o conhecimento da área de abrangência da Unidade de Saúde, para identificar mudanças na assistência à saúde, a fim de organizar os serviços de acordo com as demandas apresentadas pelo território. palavras-chave: Programa de educação para o trabalho pela saúde; Educação Interprofissional; Prática colaborativa
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Extensão – PREX