PERFIL NUTRICIONAL DOS PACIENTES SUBMETIDOS À HEMODIÁLISE EM HOSPITAL DE REFERÊNCIA NO INTERIOR DO CEARÁ

  • Lucas de Moura Portela
  • Luiz Derwal Salles Junior, Walter Oliveira Rios Junior, Nickolas Souza SILVA, Camila Teles Novais
  • Paulo Roberto Santos

Resumo

Introdução: Embora haja uma contínua evolução do tratamento dialítico, este permanece com elevados índices de mortalidade, sendo os principais fatores de risco a idade avançada, a doença cardiovascular, o diabetes e a desnutrição. A desnutrição é uma condição de elevada prevalência nesses pacientes, sendo originada da ingestão insuficiente de alimentos, de distúrbios hormonais, do elevado catabolismo, da inflamação crônica e de doenças associadas. Objetivo: Descrever e analisar o perfil nutricional dos pacientes submetidos à hemodiálise em um hospital de referência no interior do Ceará. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal, realizado com 134 pacientes em tratamento crônico com hemodiálise na Unidade de Diálise da Santa Casa de Misericórdia de Sobral no período de julho de 2019 a Outubro de 2019. Foram coletados dados sociodemográficos e realizadas medidas antropométricas (altura e peso seco), com a finalidade de traçar o perfil nutricional através do cálculo do Índice de Massa Corpórea. Resultado: 48 pacientes (35,8%) eram do sexo feminino, enquanto 86 (64,2%) eram do sexo masculino. A idade média dos participantes da pesquisa foi de 52 anos. Em relação ao perfil nutricional, 6 % dos pacientes foram classificados como desnutridos, 51,5% apresentavam IMC adequado, 36,5% apresentavam-se com sobrepeso e, por fim, 6% eram obesos. Conclusão: O estudo revela, diferente do esperado, um baixo percentual de pacientes com desnutrição, sendo a maioria dos participantes da pesquisa classificados com o peso adequado. Dessa forma, novos estudos devem ser realizados utilizando outros métodos de classificação nutricional, visto que o IMC apresenta suas limitações.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Extensão – PREX