TRATAMENTO DE FRATURAS CORONÁRIAS E CORONO-RADICULAR COMPLEXA: RELATO DE CASO CLÍNICO

  • Alice Azevedo de Albuquerque
  • Maria Paulina de Mesquita Oliveira, Maria Deliane Eufrásio de Oliveira, Jann Lucca Apolonio Vasconcelos
  • Adriana Kelly de Sousa Santiago Barbosa

Resumo

O traumatismo dento-alveolar envolve três estruturas básicas: dentes, porção alveolar e tecidos moles adjacentes, podendo acarretar em danos estéticos e funcionais ao paciente que terá seu tratamento direcionado pelo tipo de dano e tipo de estruturas atingidas. Esse trabalho tem como objetivo fazer um relato de caso de um paciente vítima de trauma dentário, além de discutir a cerca da importância dos atendimentos e tratamentos realizados no projeto de extensão NEPTRAUMA. Paciente do gênero masculino, 27 anos de idade, caiu da escada e sofreu fratura coronária dos dentes 11, 21 e 22, deslocamento para palatina do dente 11, além de laceração do lábio inferior. Após exames clínicos e radiográficos o diagnóstico obtido foi: fratura coronária não complicada, classe IV do dente 11, fratura coronária complicada do dente 22 e fratura corono-radicular 21, com presença de fissura radicular vertical e pouco remanescente coronário. Logo, o plano de tratamento foi definido para aumento de coroa clínica, raspagem subgengival, tratamento endodôntico dos dentes 21 e 22, colocação de um pino de fibra de vidro intra-canal no dente 21 e restauração de todos os dentes fraturados utilizando a técnica de Mock-up. Desse modo, esse trabalho discute a cerca da importância do diagnóstico e tratamento correto para obtenção de um bom prognóstico na reabilitação funcional e estética de pacientes vítimas de trauma dento-alveolar por meio de um relato de caso acompanhado no projeto de extensão Neptrauma.
Publicado
2019-01-01
Seção
Encontro de Extensão – PREX