APESAR DE 2020: AQUI CONTINUA TENDO SINAL DE VIDA

  • Taina Maria Lima Freire
  • Francisco Emanuel Lima e Silva
  • Ingrid Carneiro Damasceno
  • Larissa Fortunato Araújo
  • Letícia Feitosa Oliveira
  • Tatiana Monteiro Fiuza

Resumo

INTRODUÇÃO: O projeto de extensão universitária Aqui Tem Sinal de Vida trabalha há 4 anos com adolescentes da Barra do Ceará e tem como objetivo a promoção da saúde, construção de projetos de vida, socialização e abordagem comunitária. Atualmente é composto por médica, nutricionista, psicóloga e 40 adolescentes. Os encontros semanais eram presencialmente no CUCA Barra, onde ocorria o ambulatório do adolescente. OBJETIVOS: Descrever as atividades do projeto durante a pandemia de COVID19. METODOLOGIA: Relato de experiência do trabalho realizado na Barra do Ceará pelo projeto de extensão Aqui Tem Sinal de Vida. RESULTADOS: O ano de 2020 foi atípico e trouxe diversas modificações no projeto e na vida de todos envolvidos. O isolamento social ocasionou a interrupção do ambulatório do adolescente. A comunicação via redes sociais teve que ser intensificada, porém, com o cuidado de não substituir relações humanas consideradas como pilar do projeto. O projeto se incorporou ao GT de populações vulneráveis da Universidade Federal do Ceará e as estagiárias iniciaram acolhimento e apoio ao cuidado da população em situação de rua. Produzimos vídeos com conteúdo de orientação sobre a COVID 19 e maneiras de prevenção. Além disso, arrecadamos e distribuímos mais de 800 cestas básicas para famílias escolhidas de acordo com a vulnerabilidade social. CONCLUSÃO: O trabalho com adolescentes em uma comunidade vulnerável traz diversos desafios e estes cresceram frente a uma pandemia. Porém, o Aqui Tem Sinal de Vida em sua essência lida com resolução de problemas, abordagem a adversidade e promoção da saúde.
Publicado
2021-01-01
Seção
XXIX Encontro de Extensão