“P” DE PESSOAS EM FOCO- INDICADORES EPIDEMIOLÓGICOS E QVT

  • Lilian Dominguez Santana
  • Marlusa de Sevilha Gosling

Resumo

Esse artigo visa demonstrar a utilidade dos dados relacionados a afastamentos para uma visão mais ampliada em relação à promoção da saúde e políticas de QVT nos órgãos públicos, a partir do marketing de relacionamento com o público interno. Para tanto, buscou-se identificar as causas de afastamento, segundo a CID, além de verificar os cargos de maior risco ou maior incidência de afastamentos por CID. A pesquisa é quantitativa, a partir de dados secundários coletados das Fichas dos Atendimentos a servidores da UFMG, realizados entre abril a junho de 2014, no Departamento de Atenção à Saúde do Trabalhador. Os resultados demonstraram que o número de dias de afastamento é crítico e os profissionais de enfermagem foram os que mais afastaram no período e por fatores que influenciam a saúde e o contato com serviços de saúde. Tais informações podem servir como base para o desenvolvimento de ações de QVT direcionadas.

Publicado
2017-12-26