USO DE TICs EXPERIÊNCIA A PARTIR DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

  • Dayane Santiago UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
  • Andréa S. R. Silva Universidade Federal do Ceará
  • Bernardo Diniz Coutinho
Palavras-chave: Aderência terapêutica, Mídias Sociais, Qigong, Terapias Mente-Corpo, Atenção Primária à Saúde

Resumo

RESUMO
Introdução: A adesão é um processo comportamental complexo, fortemente influenciado pelo meio ambiente, pelos profissionais de saúde e pelos cuidados de assistência médica. A adesão terapêutica influencia diretamente na efetivação  dos indivíduos sujeitos a terapia bem como a evolução dos mesmos em tratamento. As Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) constituem um conjunto e  de ferramentas integradas entre si, que favorecem o aumento da interatividade, proporcionando, através das mídias e redes sociais uma otimização da interação entre profissionais, pacientes, e redes de serviços em saúde. O Qigong é uma prática da Medicina Tradicional Chinesa que integra exercícios posturais, de respiração e meditação que visa a auto regulação dos sistemas biológicos corporais, constituindo uma das estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica, caracteriza-se pelos movimentos suaves, lentos, fluentes e estendidos, intercalando o estático com o dinâmico. Objetivo: Descrever a experiência de um projeto de extensão do Curso de Fisioterapia da Universidade Federal do Ceará com o uso das TIC como estratégia para adesão dos participantes de uma unidade de saúde no Grupo de exercícios de Qigong realizado em uma comunidade de Fortaleza. Métodos: Trata-se de um relato de experiência sobre o uso das TIC na adesão dos participantes de um grupo de práticas Mente-Corpo realizado pelo projeto de extensão GAIPA-UFC junto ao território de uma unidade de saúde da Atenção Básica de Fortaleza-CE, ao longo de 84 encontros realizados no período de 2015 à 2017. Resultados:Maior integração e interação entre a equipe da extensão e a comunidade sendo utilizados mensagens para lembretes da atividade seguinte, organização de eventos e divulgação de fotos e vídeos das atividades executadas no grupo. Melhor comunicação e assiduidade; tornando o grupo de mídias digitais uma continuidade das terapias realizadas. Conclusão: A implementação e uso das TIC como complemento das práticas em saúde teve como pontos positivos uma maior interação entre os usuários do serviço bem como a comunicação com a equipe profissional apresentando uma relevância significativa no que tange ser uma estratégia efetiva para a melhora no processo de adesão e efetivação e continuidade da abordagem.

Palavras-chave: Aderência terapêutica, Mídias Sociais, Qigong, Terapias Mente-Corpo, Atenção Primária à Saúde.

Biografia do Autor

Dayane Santiago, UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA, PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
Bernardo Diniz Coutinho
Professor do Departamento de Fisioterapia (DEFisio) / Faculdade de Medicina (FAMED)
Coordenador do Grupo de Atenção Integral e Pesquisa em Acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa (GAIPA-UFC)

Referências

CURIONI, C.C.; BRITO, F.S.B.; BOCCOLINI, C.S. O uso de Tecnologias da Informação e Comunicação na área da Nutrição. J Bras Tele. 2013; 2(3):103-111 103.

CHENG, F. K. Effects of Baduanjin on mental health: a comprehensive review. Journal of bodywork and movement therapies, v. 19, n. 1, p. 138-149, 2015.

DA SILVA, A. P.; SCHNEIDER, H. N. Reflexões sobre a utilização das tecnologias da informação e da comunicação em programas de educação corporativa. Scientia Plena, v. 6, n. 3, 2010.

LIVRAMENTO, G.; FRANCO, T.; LIVRAMENTO, A. A ginástica terapêutica e preventiva chinesa Lian Gong/Qi Gong como um dos instrumentos na prevenção e reabilitação da LER/DORT. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, v. 35, n. 121, 2010.

PIERIN, A. M.; STRELEC, M.A.; MION, D.J. O desafio do controle da hipertensão arterial e a adesão ao tratamento. In: Pierin AM. Hipertensão arterial: uma proposta para o cuidado. Manole. 2004; 275-289.

SILVA, A.P.; SCHNEIDER, H.N. Reflexões sobre a utilização das tecnologias da informação e da comunicação em programas de educação corporativa. Scientia Plena. 2010; 6(3):1-5.

ZHUANG, Y. M. Lian Gong Shi Ba Fa. São Paulo:Pensamento, 2000.

Publicado
2017-12-26