O VÉU QUE TECE O DESEJO: APROXIMAÇÕES ENTRE CINEMA E PSICANÁLISE

  • Thiago Pedro Menezes Universidade Federal do Ceará - Graduando em Psicologia.
  • Heric Carvalho Vieira Universidade Federal do Ceará- Graduando em Psicologia.
  • Caciana Linhares Pereira Professora adjunta do Departamento de Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC).
Palavras-chave: Cinema, Psicanálise, Fantasia, Elle, Lost Highway.

Resumo

O artigo objetiva elucidar um conceito importante na teoria psicanalítica, o de “fantasia”, que se relaciona a outros conceitos basilares desta perspectiva teórica e clínica - como os conceitos de realidade psíquica e de pulsão – a partir do estudo de aspectos formais de duas obras cinematográficas: Elle (2017), do diretor Paul Verhoeven e Estrada Perdida (1997), de David Lynch. Quando acompanhamos aspectos do debate entre cinema e psicanálise, observamos a presença significativa da noção de fantasia. Esse trabalho investiga esta noção em suas relações com aspectos formais destas duas obras cinematográficas. Deste modo, o trabalho se insere no âmbito dos estudos e pesquisas empreendidas pela equipe do projeto e, metodologicamente, irá se utilizar da pesquisa bibliográfica realizada nos grupos de estudo e na transcrição dos debates realizados.

Biografia do Autor

Thiago Pedro Menezes, Universidade Federal do Ceará - Graduando em Psicologia.
Bolsista de Extensão do Projeto “Cine Freud, Cultura e Arte”.
Heric Carvalho Vieira, Universidade Federal do Ceará- Graduando em Psicologia.
Bolsista Voluntário do Projeto “Cine Freud, Cultura e Arte.”
Caciana Linhares Pereira, Professora adjunta do Departamento de Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC).
Coordenadora de ação extensionista “Cine Freud, Cultura e Arte”.

Referências

ELLE. Direção de Paul Verhoeven. Realização de Saïd Ben Saïd, Michel Merkt. Coordenação de Thanassis Karathanos, Sébastien Delloye. Intérpretes: Isabelle Hupert, Laurent Lafitte, Anne Consigny, Charles Berling, Virginie Efira, Christian Berkel, Judith Magre, Jonas Bloquet, Alice Isaaz. Roteiro: David Birke. França, Alemanha: Sony Pictures, 2016. (130 min.), son., color. Legendado.

DUNKER, Christian. A fantasia do estupro e a cultura do estupro: No mês da mulher é bom rever o filme Elle (2016), de Paul Verhoeven que traz à tona a discussão sobre a cultura do estupro e a necessidade de possuir o desejo do outro. 2018. Disponível em: <http://www.paginab.com.br/opiniao/fantasia-do-estupro-e-cultura-do-estupro/>. Acesso em: 01 set. 2018.

FREUD, Sigmund. O delírio e os sonhos na gradiva de W. Jensen. In: FREUD, Sigmund. O delírio e os sonhos na Gradiva, análise da fobia de um garoto de cinco anos e outros textos: (1906-1909) Volume 8. São Paulo: Companhia das Letras, 1907/2015. p. 9-119. Tradução Paulo César de Sousa.

JORGE, Marco Antônio Coutinho. Fundamentos da psicanálise de Freud a Lacan. vII: a clínica da fantasia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2010.

JORGE, Marco Antônio Coutinho. Fundamentos da psicanálise de Freud a Lacan. vIII: a prática analítica. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2017.p. 196-199.

LACAN, Jacques. Alocução sobre as psicoses das crianças. In: LACAN, Jacques. Outros Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1967/2003. p. 361-370. Tradução: Vera Ribeiro, Angelina Harari e Marcus André Vieira.

LOST HIGHWAY. Direção: David Lynch. Produção: Mary Sweeney, Tom Sternberg e Deepak Nayar. Interpretes: Bill Pullman; Patricia Arquette; David Lynch e outros. Roteiro: David Lynch e Barry Gifford. [Estados Unidos e França]: Ciby 2000; Asymmetrical Productions; Lost Highway Productions; October Films, 1997. DVD (2h15m)

NASIO, Juan-David. A fantasia. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.

RIVERA, Tania. Sublimação, espaço, fantasia. In: RIVERA, Tania. avesso do imaginário: Arte contemporânea e psicanálise. 2. ed. São Paulo: Cosac Naify, 1969/2014. p. 105-153

RIVERA, Tania. Cinema, Imagem e Psicanálise.2. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2011. P. 76

ROUDINESCO, E; PLON, M. Dicionário de psicanálise. Tradução Vera Ribeiro; Lucy Magalhães. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998. p. 223-226.

SILVA, J.M. Cine Freud 2017.1: Elle. Palestra gravada e proferida no dia 19 de abril de 2017, no Auditório José Albano, na Universidade Federal do Ceará (UFC).

VASCONCELOS, C.G.M. Cine Freud 2017.2: Estrada Perdida. Palestra gravada e proferida no dia 29 de novembro de 2017, no Auditório José Albano, na Universidade Federal do Ceará (UFC).

ZIZEK, Slavoj. Como ler Lacan. Tradução Maria Luiza X. de A. Borges. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, cap. III 2010. p. 53-77.

Publicado
2019-10-01