Prevalência de fatores de risco nos participantes do programa de saúde e movimento da UFC

  • Carlos Alberto da Silva Universidade Fedeal do Ceará - UFC

Resumo

A doença cardiovascular tem sido uma das principais doenças crônico-degenerativas atualmente.Múltiplos fatores de risco podem ser responsáveis pela gênese e pelo desenvolvimento das doenças cardiovasculares. Os principais fatores de risco são: hipertensão arterial, diabetes, tabagismo, hipercolesterolemia, sobrepeso e obesidade. Para a prevenção de tais fatores, é de extrema importância a prática de exercícios físicos.Por meio de uma pesquisa transversal foram identificados quais são os fatores de risco predominantes nos participantes do Projeto Saúde em Movimento, do Instituto de Educação Física e Esportes - IEFES, da Universidade Federal do Ceará - UFC. Foi aplicado um questionário composto de questões que avaliaram a predominância dos principais fatores de risco nos participantes do projeto. A pesquisa foi realizada com 132 alunos, de ambos os sexos, com faixa etária entre 18 a 80 anos. A maioria dos participantes é do sexo feminino (89,4%), compreendendo principalmente a uma faixa etária de 45 a 60 anos (46,2%). Os fatores de risco de maior prevalência foram respectivamente: sobrepeso (54,5%), hipertensão (40,2%), hipercolesterolemia (36,3%), diabetes (9,1%), obesidade (7,5%) e tabagismo (4,5%). Baseado nos dados coletados pode-se concluir que fatores de risco como o sobrepeso, a hipertensão e a hipercolesterolemia têm maior prevalência dentre os participantes do Projeto Saúde em Movimento, mostrando um risco para o desenvolvimento de doença cardiovasculares. Dessa forma, levanta-se a questão da importância do incentivo da prática de atividades físicas.

Biografia do Autor

Carlos Alberto da Silva, Universidade Fedeal do Ceará - UFC
Professor Doutor em Cardiologia pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio GRande do Sul - UFRG
Publicado
2013-06-17
Seção
Artigos Originais