SENSIBILIZAÇÃO E MOBILIZAÇÃO SOCIAL ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

  • Marianna de Andrade Saraiva Universidade Federal do Ceará
  • Jessica Silva Martins Universidade Federal do Ceará
  • Krsna Cordeiro de Tuya Universidade Federal do Ceará
  • João Medeiros de Souza Universidade Federal do Ceará
  • Helena Becker Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Educação ambiental. Mobilização social. Sensibilização. Meio ambiente.

Resumo

Diante do aumento da geração de resíduos, a população enfrenta desafios em busca de soluções para os problemas ambientais. A educação ambiental apresenta-se como ferramenta para a aprendizagem de como gerenciar e melhorar as relações entre a sociedade e o ambiente, de modo integrado e sustentável. Nas proximidades do Campus do Pici observa-se a poluição do açude Santo Anastácio, decorrente do descarte indevido de resíduos, principalmente da comunidade circunvizinha. Este trabalho mostra os processos educativos usados para sensibilização e mobilização social dessa e de outras comunidades, com enfoque em eventos, escolas, pastorais e associação de moradores, através de palestras, oficinas, jogos ecoeducativos e exposição de objetos reciclados, abrangendo em torno de 1.500 pessoas. Essas ações despertam interesse e preocupação com a mudança de estilo de vida na maioria dos participantes, portanto, é necessária a continuidade dessas ações, com a formação de agentes multiplicadores para construção de uma sociedade sustentável.

Biografia do Autor

Marianna de Andrade Saraiva, Universidade Federal do Ceará
Graduanda em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal do Ceará. Bolsista do Projeto Açude Vivo.
Jessica Silva Martins, Universidade Federal do Ceará
Graduanda em Licenciatura em Química pela Universidade Federal do Ceará. Bolsista do Projeto Açude Vivo.
Krsna Cordeiro de Tuya, Universidade Federal do Ceará
Graduanda em Licenciatura em Química pela Universidade Federal do Ceará. Bolsista do Projeto Açude Vivo.
João Medeiros de Souza, Universidade Federal do Ceará
Graduado em Química.
Helena Becker, Universidade Federal do Ceará
Doutorado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos. Professora associada IV da Universidade Federal do Ceará. Coordenadora da ação extensionista Açude Vivo.
Publicado
2015-12-30
Seção
Artigos Originais