UM ESTUDO ACERCA DAS QUALIFICAÇÕES-CHAVE DO MODELO IMBA PARA ADEQUAÇÃO PESSOAL AO TRABALHO

  • Nathércia Lima Torres Universidade Federal do Ceará
  • Raquel Ribeiro Barbosa Universidade Federal do Ceará
  • Tainara Vasconcelos de Alcântara Universidade Federal do Ceará
  • Antonio Caubi Ribeiro Tupinambá Universidade Federal do Ceará

Resumo

O modelo IMBA  busca soluções para dificuldades enfrentadas na adequação de pessoas com deficiências (PcD) dentro do ambiente de trabalho, visando à promoção  de sua integração e/ou reabilitação no mercado de trabalho.  Qualificações-chaves fazem parte de um de seus instrumentos de aferição de perfis pessoais para essa adequação. Elas se relacionam a fatores psicossociais e necessitam de recursos técnicos para sua abordagem. O estudo busca  identificar recursos técnicos que ajudem a acessar as qualificações-chaves ou fatores psicossociais do modelo IMBA. Concluiu-se que há recursos e técnicas psicométricas, dinâmicas e descritivas que podem se adequar ao instrumento escolhido no modelo IMBA para acessar informações necessárias à construção de perfis pessoais e profissionais, o que pode ajudar a uma adequação entre candidatos e postos de trabalho.

Biografia do Autor

Nathércia Lima Torres, Universidade Federal do Ceará
Estudante de Graduação em Psicologia
Raquel Ribeiro Barbosa, Universidade Federal do Ceará
Estudante de Graduação em Psicologia UFC
Tainara Vasconcelos de Alcântara, Universidade Federal do Ceará
Estudante de Graduação em Psicologia UFCBolsista da Rede de Estudos e Pesquisas sobre Liderança e Empreendedorismo RINEPE.
Antonio Caubi Ribeiro Tupinambá, Universidade Federal do Ceará
Departamento de PsicologiaUFCPsicologia do Trabalho e das Organizações
Publicado
2014-07-31
Seção
Artigos Originais