REATIVAÇÃO DE UM GRUPO DE PUERICULTURA COLETIVA

INTEGRANDO ENSINO, SERVIÇO E COMUNIDADE

Palavras-chave: Saúde da criança. Promoção da saúde. Educação em saúde. Planejamento em saúde. Intervenção comunitária.

Resumo

O grupo de puericultura constitui uma estratégia de ampliação da promoção e prevenção da saúde da criança, oportunizando a qualificação da assistência e o desenvolvimento de atividades educativas com mães. Objetivou-se relatar a experiência de acadêmicos de enfermagem na reativação de grupo de puericultura coletiva de um Centro de Saúde da Família (CSF) de um município do interior do estado Ceará. Trata-se de um relato de experiência, referente às atividades de extensão desenvolvidas por acadêmicos de enfermagem da Universidade Estadual Vale do Acaraú, no período de junho a agosto de 2019. Estas atividades tiveram como objetivo contribuir para melhoria da qualidade dos serviços voltados à promoção da saúde materno-infantil. Utilizou-se o modelo de planejamento em saúde proposto por Imperatori & Giraldes (1993), constituído de três etapas: Elaboração do Plano; Execução e Avaliação, a partir do qual elaborou-se como intervenção comunitária a reativação de um grupo de puericultura coletiva. Foram realizadas atividades educativas com as mães, baseando-se nos princípios de Paulo Freire (2011), abordando temas como: desenvolvimento psicomotor da criança; prevenção de acidentes e primeiros socorros; crescimento, desenvolvimento e hábitos de vida saudáveis. A reativação do grupo de puericultura coletiva se mostrou uma estratégia efetiva na ampliação da atenção à saúde das crianças adscritas à unidade saúde, sendo também um espaço de diálogo, esclarecimento de dúvidas, troca de experiências e saberes com as mães. Além disso, proporcionou aos acadêmicos o aprimoramento de competências e habilidades, e conhecimentos a respeito da assistência à saúde da criança.

Biografia do Autor

Francisco Marcelo Leandro Cavalcante, Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Graduando em Enfermagem Pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Francisco Willian Melo de Sousa, Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Graduando em enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Ingrid Kelly Morais Oliveira, Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Graduanda em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Hiara Rose Moreno Amaral, Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Graduanda em enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Gabriela Marques Marinho, Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Graduanda em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Maria Adelane Monteiro da Silva, Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Docente da graduação em enfermagem da Universidade Estadual vale do Acaraú (UVA)

Publicado
2020-08-20