Estudos de usuários da informação: comparação entre estudos de uso, de comportamento e de práticas a partir de uma pesquisa empírica

Carlos Alberto Ávila Araújo

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar as três abordagens existentes de estudos de usuários da informação: os estudos de uso, os estudos de comportamento informacional e os estudos de práticas informacionais. Após breve apresentação, passa-se à aplicação das categorias de cada uma delas a uma pesquisa empírica realizada com usuários de uma biblioteca de uma casa de apoio para pacientes em tratamento médico relativo a uma doença específica. Busca-se com isso demonstrar, de maneira didática, quais as contribuições e os limites de cada perspectiva de estudo, concluindo-se pela necessidade e importância de que todas sejam estudadas e façam parte do repertório de pesquisadores e profissionais.


Palavras-chave


Estudos de usuários da informação; Estudos de uso; Estudos de comportamento informacional; Estudos de práticas informacionais.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



Informação em Pauta | ISSN 2525-3468 | Classificação Qualis: B5

Departamento de Ciências da Informação | Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação | Universidade Federal do Ceará

Av. da Universidade, 2853 - Benfica, CEP:60020-181, Fortaleza-CE, Brasil | E-mail: informacaoempauta@gmail.com

 

Indexadores e Diretórios