Complexas mediações: transdisciplinaridade e incertezas nas recepções informacionais

Luiz Tadeu Feitosa

Resumo


O presente artigo analisa o conceito de mediação e suas interfaces informacionais a partir dos conceitos de complexidade e transdisciplinaridade, enfocando o caráter das incertezas que essas complexidades provocam na aferição dos fenômenos. Partindo dos elementos teóricos, conceituais e metodológicos presentes na ementa de uma disciplina de pós-graduação intitulada “Cultura e Mediação da Informação”, é discutido o caráter hermético das disciplinas, a pouca elucidação epistemológica do conceito de mediação no âmbito de alguns estudos da Ciência da Informação e da defesa de que apenas por um viés transdisciplinar é possível rever conceitos, alçar voos epistemológicos mais amplos e menos fechados e ensejar que ementas disciplinares se ocupem de visadas teóricas que contemplem os aspectos culturais aonde acontecem as mediações. As reflexões apontam para a necessidade de levar em conta as complexidades do conceito de mediação e de que o simples aparato organizacional e de oferta da informação não garante uma mediação de fato.

Palavras-chave


Mediação; Conceito; Ciência da Informação; Recepções informacionais.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.32810/2525-3468.ip.v1i1.2016.3064

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



Revista filiada a:

  Crossref Member Badge

 

Indexadores e diretórios: