Na garupa da cidade: Os 12 trabalhos e Bicicletas de Pequim

  • Cecília Mello Universidade Federal do Ceará

Resumo

Esse artigo parte do movimento do cinema através da cidade para sugerir uma análise comparativa entre os filmes Os 12 trabalhos (Ricardo Elias, 2006) e Bicicletas de Pequim (Shi qi sui de dan che, Wang Xiaoshuai, 2001). Ambos empregam uma prática espacial sobre duas rodas, desvelando o espaço urbano real a partir de um personagem masculino que atravessa São Paulo e Pequim em umamotocicleta e em uma bicicleta, respectivamente. Além disso, esses filmes são unidos por um “estilo móvel” ou “em movimento” que parece emanar do próprio espaço urbano no qual se inserem. Ao sedeslocarem através da cidade, movidos pelo trabalho, esses personagens criam trajetórias diversas, frequentemente pontuadas por encontros inesperados. A prática espacial é aqui indissociável do veículo no qual os personagens se deslocam. Com isso, a mobilidade e o mapeamento das cidades ganha um certo grau de velocidade e improviso – qualidades relacionadas aos veículos sobre duas rodas.
Publicado
2015-04-08
Como Citar
Mello, C. (2015). Na garupa da cidade: Os 12 trabalhos e Bicicletas de Pequim. Passagens, 5(1), 75-102. Recuperado de http://www.periodicos.ufc.br/passagens/article/view/1350
Seção
Artigos