Trans-subjetividade na blogosfera: uma abordagem sobre gênero e escrita de si

  • Adriana Maria Cunha Universidade Federal de São João del-Rey
  • Tamires Ferreira Coêlho Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

Analisamos como mulheres trans se apropriam de blogs, considerando-os espaços alternativos de expressão de si, de visibilidade e de construção de sua subjetivação. Foram observadosos blogs Trans.parência.com.br e Vanessa.in, à luz de teóricos que abordam a teoria queer (LOURO,1997; 2004; BENTO, 2006), os processos de subjetivação (LAZZARATO, 2014) e a configuração dos blogs(PRIMO, 2008). Concluímos que o “aparecer” nos blogs é acompanhado de exposições, imagens, sentimentos, posicionamentos, relatos de vida, de forma que essas mulheres encontram ali aoportunidade de serem vistas muito além do estereótipo da mulher trans veiculado pelos meios hegemônicos. A escolha do que pode ou não ser visibilizado faz parte da construção subjetiva dessas mulheres, fazendo emergir sujeitas em transição identitária.
Publicado
2016-02-11
Como Citar
Cunha, A. M., & Coêlho, T. F. (2016). Trans-subjetividade na blogosfera: uma abordagem sobre gênero e escrita de si. Passagens, 6(2), 165-183. Recuperado de http://www.periodicos.ufc.br/passagens/article/view/2478
Seção
Dossiê Comunicação para a Cidadania